Clube de Combate Feminista – Jessica Bennet

Resultado de imagem para clube de combate feminista

“Talvez o problema sem nome dos nossos dias tenha surgido do que resta desse sentimento.  O vazio já não existe – as mulheres já podem ter a sua própria carreira -, mas foi substituído pela sensação de que continuamos a não merecer estar no mercado de trabalho. Manifesta-se de formas substanciais e outras mais pequenas: é aquela voz tímida de dúvida que nos mina a confiança; a sensação de que, mesmo quando recebemos uma promoção, não a merecemos inteiramente, não estamos preparadas para ela, e o mais provável é darmos cabo de tudo; ou a sensação de que basta um pequeno e insignificante erro para desistirmos de tudo, porque não fomos talhadas para este tipo de trabalho. É a modéstia perante um elogio. Dizer que sim, quando na verdade queremos dizer que não. Encolher as pernas e o corpo para não ocuparmos muito espaço. Enfiar a cabeça no trabalho e trabalhar arduamente, com a presunção de boa-fé de que seremos reconhecidas pela nossa diligência supersilenciosa.”

“A colunista do New York Times Gail Collins disse-me em certa ocasião que, embora o sexismo nas sua época fosse decerto esmagador, o lado positivo era que, quando uma pessoa se deparava com ele, sabia identificá-lo. Quando um tipo nos dava um beliscão no rabo ou nos diziam “na Newsweek as mulheres não escrevem”, não era justo, mas pelo menos sabíamos isso. […] No entanto, reconhecer o sexismo que acontece todos os dias pode ser ainda mais difícil agora. […] Existe sob a superfície, silenciosamente, no modo como escrutinamos as qualificações de uma mulher ou quando “não gostamos” de mulheres que procuram o poder. É um comportamento que não se consegue identificar de forma clara, que não é especialmente evidente, é difícil de quantificar e, portanto, difícil de denunciar;”

 

Antes de começar a falar sobre este livro, vamos deixar uma coisa bem clara: feminismo, não é a defesa de que as mulheres são superiores aos homens. Feminismo é a busca por direitos iguais para homens e mulheres, a luta contra o machismo e o desmistificar de diversos estereótipos. Pronto. Agora vamos falar do livro.

Com Clube de Combate Feminista Jessica Bennet traz-nos “um manual de sobrevivência para um ambiente de trabalho sexista”. É o que diz no subtitulo e, basicamente, é isso mesmo, formas, sugestões e dicas para mulheres (e homens) sobre como sobreviver no trabalho e ter sucesso na carreira, por muito sexista que o ambiente seja.

É um livro recheado de humor, piadas e ironias, sem dúvida. Mas traz de facto muitos conhecimentos úteis. São verdades mascaradas com humor. Divertido e instrutivo, o que poderiamos querer mais?

Resultado de imagem para jessica bennett
Jessica Bennet

O livro divide-se em seis partes: Conhece o teu inimigo, Conhece-te a ti mesma, Armadilhas, Encontra a tua voz, Vai-te F…e paga-me e OQFM -o que faria o Manuel?. Ou seja, a primeira parte é sobre o sexismo que ainda existe um pouco por todo o lado, o segundo sobre a auto-sabotagem feminina, a terceira sobre os estereótipos e como acabar com eles, a quarta sobre como falar melhor e expressar melhor as nossas ideias, a quinta sobre negociação e a sexta sobre confiança e autoconfiança.

Há quem defenda que a melhor forma de falar sobre temas sérios (como este) é através do humor (como se faz no livro). Eu nem sempre sou a favor dessa teoria, acho que o “a brincar se dizem as verdades” nem sempre é a opção mais indicada. No entanto tenho de admitir que este livro me conquistou.

É bastante mais agradável esta maneira de enfrentar o problema do que aquela de debate e violência que já vi uma ou outra vez. É mais inteligente introduzir o feminismo aos poucos, no núcleo de algo, e depois vencê-lo conquistá-lo a partir de dentro do que sair por aí de seios à mostra com algo escrito neles. Digo eu.

Se o sexismo é um problema que tem que ser resolvido? É, sim. Vamos começar por nós mesmas e por quem está à nossa volta, incluindo no ambiente de trabalho? Vamos.

Outro ponto forte neste livro, além de tudo o que já falei até agora, é a forma como nos mostra que não estamos sozinhas! Há muitas mulheres que passam pelas mesmas coisas que nós, muitas delas reconhecidas internacionalmente.

Resumindo, o livro é excelente. Foi uma óptima primeira leitura dentro do género, para mim, que decidi recentemente começar a ler mais livros dentro desta temática. Deu para dar algumas boas gargalhadas e para aprender muito!

Livro extremamente recomendado!!!

5*

Comprar Clube de Luta Feminista

P.S. : Caso queiram saber um pouco mais sobre este livro e os temas de que trata, recomendo que carreguem aqui e vão ver a excelente iniciativa de divulgação de algumas booktubers brasileiras! Muito bom!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s