O Retrato de Rose Madder -Stephen King

O Retrato de Rose Madder - Manuseado

” – O melhor é semos implacáveis com o passado. O que importante não são os golpes que nos atingiram, mas aqueles a que sobrevivemos. “

” – Pois. Acho que a arte é precisamente isso, e não apenas a pintura… acontece o mesmo com livros, histórias, esculturas e até castelos na areia. Certas coisas chamam-nos e pronto. É como se as pessoas que as fizeram estivessem a falar dentro das nossas cabeças.”

“Era no quadro da mulher no alto do monte que estava interessada, e apenas nele. Quanto ao tema e execução, não era muito diferente dos quadros bolorentos esquecidos em casas de penhores, lojas de antiguidades e barracos de velharias à beira das estradas por todo o país (por todo o mundo, melhor dizendo), mas através do olha encheu-lhe a alma com aquela excitação pura, iluminadora, apenas ligada às obras de arte que nos tocam profundamente – a canção que nos faz chorar, a história que nos fez ver o mundo claramente de outra perspectiva, pelo menos por uns tempos, o poema que nos fez sentir felizes por estarmos vivos, a dança que nos fez esquece por uns minutos que um dia havemos de morrer.”

 

Stephen King nasceu a 21 de Setembro de 1947 no Maine, EUA. É escritor de terror, ficção sobrenatural, suspense, ficção científica e fantasia e conhecido como um dos grandes mestres do terror. Já publicou ao todo mais de 60 livros.

Rose foi casada com Norman durante 14 anos. Catorze longos anos de silêncio, muitas conversinhas e muita porrada. E isso nem era o pior que Norman fazia…
Um dia Rose acorda e, ao olhar para uma pequena mancha de sangue no lençol, percebe que se não deixar Norman vai acabar morta. É fugir ou morrer. E Rose foge. Acaba numa casa abrigo numa cidade distante, onde aos poucos vai começando uma nova vida, mas sabe que mais tarde ou mais cedo Norman vai encontrá-la. Afinal, ele é policia. É nessa cidade que ela acaba por comprar o retrato de Rose Madder. Mas aos poucos começa a perceber que há algo estranho naquele retrato. Ele move-se ou Rose estará a ficar louca?
Então, Norman chega.

O Retrato de Rose Madder é uma história envolvente e eu admito que tive de parar de ler uma ou duas vezes porque estava com medo do que ia acontecer as seguir. As personagens são cativantes e o leitor identifica-se facilmente com elas. É um daqueles livros que nos agarra do início ao fim. Tenho alguma dificuldade em perceber porque é que este livro está esgotado e não há uma edição nova.

Stephen King começa o livro como se ele fosse um thriller e ele é realmente apenas um thriller durante uma boa parte da história. É só quando o retrato de Rose Madder entra em cena que nós reconhecemos verdadeiramente o toque a literatura fantástica a que King tão bem nos acostumou. Para mim estava a resultar perfeitamente apenas como trhiller e admito que estranhei um pouco a mudança, mas o livro não perde em nada com isto.

As personagens são extremamente bem delineadas nesta obra, complexas e a soar a verdadeiras. Norman, por exemplo, é um sádico com rasgos de loucura e aos poucos ao longo do livro um leitor mais atento consegue mesmo chegar a perceber porque é que ele é assim. Há toda uma história para além da história e isso torna o livro ainda mais interessante.

Este livro poderia ser apenas mais uma história de violência doméstica, mas eu atrevo-me a dizer que é um pouco mais do que isso. É uma histórias sobre esperança e recomeços e sobre magia. É uma daquelas histórias que nos deixa colados às suas páginas até terminar, a roer as unhas de nervosismo e com vontade de bater numa ou noutra personagem. Uma leitura que vale muito a pena!

Livro muito recomendado!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s