Gonçalo M. Tavares, o Senhor Valéry e a Filosofia Para Crianças

Tenho de admitir que nunca tive a sorte de ter um professor de filosofia, nos meus tempos de escola, que conseguisse tornar esta disciplina atraente para mim e para os meus colegas. A maturidade que nós tínhamos então, jovens estudantes, também não dava para muito, verdade seja dita. E por estes ou outros motivos que vão-se lá saber quais foram, a filosofia e eu não eramos propriamente amigas intimas.

Mas filosofia é muito mais que uma aula chata, daquelas que temos de suportar por obrigação, onde um velho senhor fala baixinho sobre coisas que nós não percebemos e de que desligamos ainda antes de passarem dez minutos.

Filosofia é conhecer-se a si mesmo. É tentar compreender a existência humana sem se basear num ser superior. É sobre as relações humanas, sobre o amor, a amizade, o ódio. Filosofia é a diferença entre o bem e o mal. É compreender o que é ético e o que não é. É saber distinguir onde começa e onde termina a nossa liberdade. É o “não faças aos outros o que não queres que te façam a ti”. É o saber pensar!

Quando se fala em filosofia, muitas vezes, pensamos nela como uma disciplina complicada. Algo estudado nas universidades ou por grandes pensadores, apenas para mentes brilhantes e com um dom superior para raciocinar. Mas não é assim.

Filosofia é algo que faz parte das nossas vidas no dia a dia. Algo a que devemos habituarmo-nos desde cedo, que devemos descomplicar e de que devemos sim ser amigos.

Hoje, tive a oportunidade de assistir a algumas sessões sobre Filosofia para Crianças. Vários projectos dos quais nunca tinha ouvido falar mas que sem dúvida têm feito diferença na vida de dezenas de miúdos. Ajudando-os a crescer, a compreender a realidade em que se inserem e, esperemos, a serem o melhor que podem ser.

Dessas sessões, destaca-se a conversa com o conhecido escritor Gonçalo M. Tavares e algumas crianças, sobre as suas histórias do Senhor Valéry.

 

“O Senhor valéry era pequenino, mas dava muitos saltos.
Ele explicava:
Sou igual às pessoas altas só que por menos tempo.”

                                              (excerto do livro)

 

As histórias do Senhor Valéry são escritas para crianças, mas bem que podem fazer rir muitos adultos. Esta personagem é caricata, com ideias que por vezes quase beiram o non sense mas que por outro lado são formas geniais de nos pôr a nós mesmos a pensar. Afinal, qual é o problema de usar um sapato de cada cor? Será que podemos mudar a nossa altura ou haverá alguma forma mais fácil de lidar com o facto de sermos mais baixos do que gostaríamos?

 

Poucas coisas há tão boas como ler uma boa história de um bom escritor. Mas ouvir um bom escritor a falar, muitas vezes, acaba por ser uma delas. E nesta sessão, Gonçalo M. Tavares disse muitas coisas que pretendo guardar na memória.

Primeiro, a importância da imaginação. A imaginação como algo que se treina, como o Ronaldo treina futebol. E que o grande inimigo da imaginação são os lugares comuns, aqueles que mesmo que tenham sido geniais no inicio agora já foram tantas vezes visitados que já não nos impressionam mais, independentemente da sua beleza.

Depois, a importância de deixar que as nossas crianças se aborreçam, porque é do aborrecimento que nascem novas ideias. Diz o autor que “é essencial o aborrecimento” para podermos dar asas à imaginação e que “a racionalidade excessiva pode criar problemas”. Eu diria que cria sempre, mas isso já são opiniões minhas.

E ainda, sobre a inspiração. Quem acha que é possível escrever bem sem ler, dificilmente vai escrever bem. Porque a inspiração vem do acto de inspirar, de absorver as ideias, as leituras, as imagens do mundo exterior. Nenhum homem é uma ilha, como dizia o pensador.

 

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s