Consentimento – Vanessa Springora

Wook.pt - Consentimento

Livro Físico

“Algumas crianças passam os dias entre as árvores. Eu passo os meus entre os livros. Afogo, assim, a mágoa inconsolável em que o abandono do meu pai me mergulhou. A paixão ocupa todo o meu imaginário. Leio, demasiado cedo, romances dos quais pouco compreendo, a não ser que o amor magoa. Porque é que desejamos tão precocemente ser devorados?”
(p. 28)

Com o G., descubro à minha custa que os livros podem ser uma armadilha dentro da qual prendemos aqueles que supostamente amamos, podem tornar-se o instrumento mais contundente da traição. Como se a passagem dele pela minha vida não me tivesse destroçado o suficiente, ele tem agora de documentar, de falsificar, de registar e gravar para todo o sempre os seus delitos”
(p. 143)

Vanessa Springora nasceu a 16 de março de 1972 em Paris. Licenciou-se em cinema e fez Mestrado em Literatura Moderna, é editora, escritora e cineasta.

Em Consentimento Vanessa relata a sua própria experiência quando, aos 14 anos, se envolveu sexualmente com o famoso escritor Gabriel Matzneff (podem ver os livros dele aqui). O que inicialmente lhe pareceu uma história de amor inesquecivel rapidamente mostrou ser apenas e só abuso, pedofilia. Vanessa viria a conseguir sair dessa relação mas a experiência lançou-a numa espiral de auto-destruição de que só viria a conseguir libertar-se vários anos depois.

É um bom livro, um livro bem escrito, mas nem por isso é um livro fácil de ler. Para mim, livros sobre este tema nunca são fáceis de ler. O que mais impressiona na história de Vanessa é que toda a gente sabia o que se estava a passar e ninguém fez nada! A mãe permitiu aquela relação, o pai soube e desapareceu da história, os professores sabiam, a policia sabia… e ninguém fez nada!

Até que ponto uma adolescente de 14 anos consegue perceber a diferença real entre amor e abuso, quando o abuso vem disfarçado de amor? Não consegue. E é isso que Vanessa nos mostra nesta história. Isso e os efeitos que este abuso têm na vida da vitima, mesmo depois de ter terminado. Há coisas que não se apagam por muito que se tente.

Uma leitura avassaladora.

Livro recomendado. 4*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s