Sobre o estudo da literatura

Terminei recentemente o meu primeiro ano de mestrado em literatura comparada (que não foi a minha área de licenciatura) e por isso hoje resolvi vir falar-vos um pouco sobre isto do estudar literatura. Este é o primeiro de uma série de posts que pretende ajudar-vos com o estudo da literatura ou, pelo menos, ajudar-vos a compreendê-la melhor. Vamos a isto?

A primeira coisa a ter em conta é que a literatura é uma área de estudo vastíssima. Pode estudar-se a obra de um autor, de vários, da literatura de determinada nacionalidade, de uma temática numa ou em mais obras especificas, de determinado mito, de influências exteriores/sociais/pessoais e muito mais. Basicamente, o que é preciso é escolher.

Primeiro que tudo, porquê estudar literatura?

Os escritores escrevem sobre aquilo que conhecem ou criam algo novo a partir do que conhecem. Como tal, a literatura é um reflexo do mundo em que vivemos. Estudá-la dá-nos ferramentas para compreender melhor a nossa realidade e senso critico para lidar com o que nos rodeia. Ajuda-nos a desenvolver capacidades intelectuais e a melhorar a nossa empatia, humanizando-nos. Apresenta-nos a situações que nunca conheceriamos de outra forma. Serve também de documento histórico, relembrando-nos o que aconteceu e ajudando-nos a compreendê-lo melhor e a não repetir erros do passado.

O que é preciso para estudar literatura?

Ler muito

Sim, parece óbvio, mas tem de ser realçado. Se nunca leu um livro inteiro, não faz sentido mergulhar de cabeça no estudo da literatura. Primeiro, é preciso ler, ler muito e saber como funciona este mundo. Só então poderá compreender realmente e conseguirá analisar o que será que tal texto quis ou não dizer.

Estar atento ao contexto histórico e social

Ao analisar uma obra literária, é preciso ter em conta que nem sempre ela foi criada por alguém que vive a mesma realidade que nós. Os costumes mudam consoante as épocas e as culturas, as zonas, até mesmo entre famílias. Para analisar determinado texto, o melhor é sempre saber pelo menos um pouco sobre a realidade em que ele se passa: a época, a cultura do local, o contexto social da acção e, muitas vezes, o autor vivenciou.

Conhecer as correntes literárias

De seguida, é preciso também saber pelo menos um pouco sobre as correntes literárias. A obra que quer estudar faz parte do romantismo, do modernismo, do realismo…? Falaremos melhor sobre estes movimentos em posts futuros.

Conhecer as figuras de linguagem

A literatura nem sempre é algo literal. Não irá compreender o texto se não conseguir identificar se o que está a ler é uma analépse, uma comparação ou uma metáfora. Os escritores usam muitos recursos estilisticos para tornar o texto mais rico e vale a pena saber interpretá-los a todos.

Subjetividade

Um texto literário está longe de ser sempre um texto objetivo. Muitas vezes o narrador é manipulador, tenta influenciar o leitor a ver tal coisa de tal maneira, ou não são dadas todas as informações ou leitor, ou nem tudo o que é dado está correto… é preciso saber lidar com a subjetividade. Aprenda e verá que é encantador!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s