Resumo de Leituras [Fevereiro 2021]

1984 – George Orwell, Fido Nesti

Wook.pt - 1984

Livro Físico

Quem segue o meu blog sabe que tenho andado de olho em alguma banda desenhada nos últimos tempos. Este 1984 foi um livro que me chamou a atenção logo de início. As ilustrações são fantásticas, pesadas tal como pede esta história. Eu ainda não li a versão original, mas vou ler nos próximos tempos, até porque, a bem da verdade, não consegui terminar esta novela gráfica e agora quero mesmo saber o fim. Do que li, a história é impressionante, pesada, densa e muito, muito forte. Uma daquelas distopias que quase podia ser o nosso amanhã. Agora, porque é que não terminei a leitura se gostei tanto da história, perguntam vocês. A verdade é que ler este livro foi um verdadeiro desafio. Vejamos. É um livro de 223 páginas, de capa dura, que está encadernado de uma forma muito “apertada”. É difícil mantê-lo aberto e lê-lo numa posição confortável. Eu não o li todo e ainda assim a lombada e a capa do meu exemplar já estavam a ficar todas marcadas. Este constante “segura assim” “afinal segura ali” até me diminuiu a concentração na leitura. Para mim, isso foi terrível! As ilustrações de facto estão bem feitas e bem escolhidas. Muitos tons de cinzentos e castanhos e pretos, que mostram bem o peso e a densidade desta história. Combina. O que não combinou foi o tipo de letra. É uma banda desenhada com muito texto, que acaba por ficar pequeno para conseguir “caber” nas ilustrações. Depois, letras pretas em ilustrações cinzentas e com um tamanho de letra pequeno? Para quem (como eu) tem problemas de visão e para quem (como eu) têm tendência para dores de cabeça e enxaquecas é terrível. Vi-me obrigada a desistir da leitura, apesar de estar a adorar a história e as ilustrações, simplesmente porque não aguentava mais. Se o livro fosse feito num formato maior, com as ilustrações e a letra maiores e, quem sabe, fosse mais fácil de abrir, seria um livro verdadeiramente incrível. Mas eu pessoalmente tenho de admitir que nunca nenhum livro me causou tanto desconforto físico como este. Fiquei com uma verdadeira dor de cabeça e não cheguei nem a metade da história. Tenho muita pena, sinceramente. A sensação que me dá é que quiseram fazer uma edição bonita mas não pensaram nos leitores que iriam ler a obra. De todo. Lamento, mas não recomendo. 2* porque a história é incrível e porque a edição é bonita, mas vai ficar mesmo só a enfeitar a estante.

A Mala Assombrada – David Machado

Wook.pt - A Mala Assombrada

Livro Físico

O protagonista desta história tem nove anos e medo de tudo. O seu irmão tem cinco e não tem medo de nada. Por isso quando ele encontra, À beira do casarão que mais o assusta, uma velha mala fechada, resolve levá-la para casa e assustar o irmão destemido. Diz-lhe que lá dentro há um fantasma escondido! Mas o irmão, que não tem medo de nada, abre a mala e diz-lhe que o fantasma ficou solto pela casa. Ele sabe que não existe fantasma nenhum, afinal, era só uma mala velha… ou será que não? Um livro muito engraçado, excelente para trabalhar com os miúdos no Halloween mas também para eles lerem sozinhos ou acompanhados em qualquer outra altura. Fala dos medos de uma maneira divertida e com que os mais novos se vão identificar com certeza. 5* Recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para crianças dos 9 aos 11 anos.

A Última Paragem – Matt de la Peña

Wook.pt - A Última Paragem

Livro Físico

Alex está num autocarro com a avó.Na verdade, ele nã está com grande vontade de estar ali, nem de ir para onde vai. Pelo caminho, vai sempre perguntando o porquê das coisas. Até que chegam ao destino… A história da viagem de Alex e da avó tem um final que eu não esperava. No fim, fica a dúvida: o que será mais importante aqui, a viagem ou o destino? É um livro bonito, apesar de não me ter apaixonado. Mas valeu a pena. Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para crinças dos 3 aos 8 anos. Recomendado! 3*

O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca
Ana Pessoa

Wook.pt - O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca

Livro Físico

O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca é um livro juvenil que nos dá a conhecer a N, uma adolescente como tantas outras que um dia compra um caderno vermelho que transforma numa espécie de diário. Mas não é um diário e não é um simples caderno. Ou talvez seja… N é uma adolescente normal como qualquer outra adolescente, mas que encanta até os leitores mais desencantados. Eu adorei este livro e acredito que ainda teria adorado mais se o tivesse lido quando tinha realmente idade para ele. É uma leitura deliciosa, encantadora e muito engraçada e as ilustrações de Bernardo P. Carvalho são a cereja no topo do bolo. Muito bom! 5* recomendado!

A Balada do Café Triste – Carson McCullers

Wook.pt - A Balada do Café Triste

Livro Físico

Em A Balada do Café Triste conhecemos Miss Amelia, uma mulher grande e de aspecto estranho que vive numa pequena aldeia. Rica, é dona dos principais negócios da terra e respeitada por todos. Ainda assim Amelia prefere a solidão e vive a sua vida consigo própria, devota apenas ao seu trabalho. Aos vinte anos Amelia casa-se, um casamento estranho que dura apenas dez dias e corre extremamente mal, com um dos rapazes mais violentos na vila. Aos trinta chega à sua porta um homem que diz ser seu primo, Lymon, marreco e com muitos problemas de saúde. Aos contrário do que todos esperam Amelia acolhe-o e acaba por se apaixonar. Mas o seu ex marido está prestes a sair da prisão e o inesperado acaba por acontecer… A Balada do Café Triste é, como o próprio título nos diz, uma história muito triste. De uma grande simplicidade, é um enredo curto e credível, que nos dá um aperto no coração. Tememos e sofremos por aquela mulher. Uma leitura breve e agradável, um livro com conteúdo e com uma história que não é só mais do mesmo. Muito bom! Recomendado! 4*

Um Peixe Dois Peixes Peixe Encarnado Peixe Azulado
Dr. Seuss

Wook.pt - Um Peixe, Dois Peixes, Peixe Encarnado, Peixe Azulado

Livro Físico

Quantos animais de estimação há neste livro? Muitos, sem dúvida. Alguns quase parece que os reconhecemos. Outros, nem por isso… Um livro em verso, rimado e ritmado, que promete mexer a valer com o imaginário dos leitores e que é já um clássico da literatura infantil. Recomendado, sem dúvida! Vale bem a pena para por os mais novos a imaginarem coisas ainda mais mirabolantes! Também recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para crianças dos 3 aos 11 anos.

Wook.pt - As Provadoras de Hitler

Livro Físico

As provadores de Hitler conta-nos a história de um grupo de mulheres que moram numa pequena aldeia durante a segunda grande guerra mundial e são escolhidas para provarem a comida de Hitler, todos os dias, para garantir que ele não é envenenado. Rosella Postorino escreve muito bem, a tradução está muito bem feita e a qualidade da edição é boa. Desse ponto de vista, é uma excelente leitura. Tenho lido muitos livros sobre a época da Segunda Guerra Mundial (podem ver neste link), mas atrevo-me a dizer que este é bastante diferente da maioria. Em primeiro lugar, nesta obra conhecemos a população de uma aldeia alemã. Não há guetos, esconderijos nem campos de concentração. Só muito brevemente são mencionadas personagens judias. Existem, mas não são o centro da história. Depois, a autora escreveu esta obra de forma a que conhecessemos o pensamento alemão. A questão do certo e errado, como se justificavam algumas coisas aos civis, porque é que as pessoas acreditavam em Hitler… Rosella fez isso de tal maneira que a determinado momento da leitura dei comigo a pesquisar a sua biografia, só para ter a certeza se ela era ou não alemã. Outra diferença entre este livro e outros que tenho lido é o papel central que o amor e o sexo desempenham nesta história. Em obras sobre o holocausto é raro o tema do sexo ser referido e muitas vezes quando é feito, é sobre violações. Aqui não. Nesta obra encontramos amor, sexo e traição em grande quantidade, bem como gravidez e aborto e outros temas muito mais “quotidianos”. Se o livro é melhor ou pior por isso? Para mim, foi só diferente. E é agradável ler um livro sobre este tema que não é igual a todos os outros, sem dúvida. Ainda assim tenho de admitir que ver o ponto de vistas destas personagens alemãs me incomodou bastante. O sentimento que tive ao ler este livro foi quase como o sentimento que tive a ler Lolita. Gostamos da história, gostamos das personagens, mas ainda assim há ali algo de muito errado de que não gostamos nada. É um bom livro, que me surpreendeu, mas que não acho que seja um livro exemplar dentro desta temática. Recomendado. 4*

A Banda – Chico Buarque

Wook.pt - A Banda

Livro Físico
Ouvir

No dia em que a banda passou a cantar coisas de amor, toda a rua se iluminou. Quem estava triste sorriu, quem estava sério riu e quem sofria foi feliz. Mas então a banda acabou de passar e tudo voltou a ser o que era… Um livro de Chico Buarque que é na verdade um lindissimo poema/canção. Bonito, legre e triste e inspirador. Muito recomendado!

Este Alce é Meu – Oliver Jeffers

Wook.pt - Este Alce é Meu

Livro Físico

O Guilherme tinha um Alce chamado Marcel que de vez em quando até fazia o que o Guiherme queria. Mas só de vez em quando. Até que um dia, durante um dos seus passeios, encontram uma velhota que parece pensar que o Alce é dela. O Guilherme ficou muito, mas mesmo muito chateado. Afinal, de quem é o Alce? Um livro bonito sobre a liberdade, a posse e sobre a amizade, com uma história simples e quase inesperada. Muito recomendado! Recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para crianças dos 6 aos 8 anos.

Santuário – Andrew Michael Hurley

Wook.pt - Santuário

Livro Físico

Em O Santuário conhecemos a história de dois irmãos, Tonto e Andrew e da sua família e amigos. Vemos o mundo pelos olhos de Tonto, criado por uma mãe fervorosamente religiosa e um pai sempre meio aéreo e ausente. Andrew, o seu irmão, sofre de uma misteriosa deficiência que o impossibilita de falar e de compreender totalmente aquilo que o cerca. Tonto adora o seu irmão e é o único que realmente consegue percebê-lo e comunicar com ele. Quando um novo padre chega à paróquia após a trágica morte do padre anterior todos parecem passar por uma estranha adaptação. Decidem então partir numa peregrinação de Páscoa a um Santuário em Loney, uma faixa costeira isolada e baixamente povoada. Else, a mãe de Andrew e Tonto, gosta particularmente desse Santuário pois está convencida que ali Deus irá curar o seu filho. Mas há algo de muito sombrio a acontecer naquela povoação e o Santuário pode já não ser o que era… Demorei muito a entrar realmente nesta leitura. É um livro com uma acção lenta e admito que não me agarrou logo de início. Mas estava curiosa para saber onde a história me ia levar e resolvi insistir. Depois, a determinado ponto, a leitura lá me agarrou e desapareceu completamente a hipótese de largar o livro. Ainda assim a acção é lenta ao longo de todo o livro e ler esta história deu-me a mesma sensação de ver um filme francês: é bom, mas acontece num ritmo diferente. A escrita do autor é agradável e a leitura interessante. A acção decorre entre vários tempos. Andrew é adulto quando nos conta esta história e vai intercalando entre o presente, as suas recordações de Loney e as suas recordações de antes de Loney. No início isso pode ser um pouco confuso, mas acabamos por nos acostumar. Depois, o enredo. Não apanhamos sustos nem há grandes reviravoltas, mas também não é a isso que o livro se propõe. Esta é uma narrativa suave, que decorre sempre com um tom macabro como pano de fundo. Sabemos que há algo muito errado, que vai acontecer alguma coisa muito má, ao longo de todo o livro. É uma história que quer pôr os leitores a roer as unhas de nervosismo e pode mesmo conseguir! A fé, a religião e a luta entre o bem e o mal são os princípais temas e estão tratados de uma forma impressionante. No final o leitor pode mesmo ficar na dúvida se acabou bem ou mal. Se acabou bem devido ao mal, ou mal por causa do bem. Não faz sentido? Terão de ler! Livro recomendado! 3*

O Dia em que Perdemos o Amor – Javier Castillo

O Dia em que Perdemos o Amor - Livro - WOOK

Livro Físico

Um dia, uma misteriosa mulher aparece a vaguear nua pelas ruas. Levada para a esquadra da policia, começa a vaticinar mortes que acabam a acontecer. O inspector Bowring depressa se apercebe que essa mulher parece ter a resposta para o maior crime que já teve de enfrentar, que é também a sua maior falha. Entretanto, o número de mortos continua a aumentar… O Dia em que Perdemos o Amor é uma narrativa com muitas personagens, mas de uma leitura fácil e viciante. É uma história complexa, que não deixa pontas soltas no fim. Gostaria que algumas das personagens estivessem mais desenvolvidas, mas são muitas pelo que isso poderia tornar o livro em algo infindável. É a segunda parte de O Dia em que Perdemos a Cabeça, mas é possível lê-lo separadamente. Eu li, e embora considere que teria sido uma leitura ainda mais completa e instigante se tivesse lido as duas partes, é perfeitamente possível compreender a história deste livro em separado. Apesar de ter adorado a leitura foi uma obra que não me marcou particularmente. Eu diria que faltou profundidade, mas talvez isso melhore com a leitura das duas obras e não apenas desta. Achei tudo visto muito à superficie, as personagens, as suas acções, as suas escolhas, os seus sentimentos… Ainda assim é um livro magnífico, que nos envolve numa fantástica aura de suspense e com um enredo muito bem pensado. O fim é surpreendente e muito bom! Recomendado, 4*

Ciranda de Pedra – Lygia Fagundes Telles

Wook.pt - Ciranda de Pedra

Livro Físico

Em Ciranda de Pedra conhecemos a vida de Virginia. No início da história Virginia é ainda uma criança, filha de pais separados, algo que para a época era um verdadeiro escândalo. Vive com a mãe, que sofre de demência, e com o novo namorado dela, Daniel, de quem Virginia não gosta nada. Mas o que ela mais quer nessa altura é poder ir viver para casa do pai, onde vivem também as duas duas irmãs mais velhas Bruna e Otávia. É a Bruna e Otávia e aos seus três amigos, Leticia, Conrado e Afonso, que Virginia mais admira e é desse grupo que ela mais quer fazer parte. Virginia acaba por conseguir concretizar o seu desejo e mudar-se para a casa do pai, mas é então que os segredos começam a ser descobertos e a sua vida sofre uma grande reviravolta. Ciranda de Pedra é um livro que acompanha uma mesma personagem, Virginia, desde a infância até à idade adulta. Nunca se desvia desse trajecto e isso dá a esta leitura uma cadência deliciosa. Vamos descobrindo os vários segredos aos poucos, ao mesmo tempo que Virginia. Vamos sentindo os seus sentimentos na devida altura. É também um livro que tem tudo para impressionar pessoas, principalmente se tivermos em consideração que foi publicado em 1957. Adultério, divórcio, sexo, homossexualidade, suícidio…esta obra está repleta de “temas proibidos”, alguns que ainda são um pouco tabus mesmo hoje em dia. É um livro extremamente corajoso. Não é uma das leituras mais fáceis de sempre. É uma leitura fantásticas e é um livro que se lê em menos de nada, mas para leitores um pouco mais treinados. Há muito escondido nas entrelinhas, muitas pequenas nuances que apesar de não serem essenciais para perceber a história na totalidade, são interessantes e acrescentam muito. Livro muito recomendado! 5*

Encontra-me – André Aciman

Wook.pt - Encontra-me

Livro Físico

André Aciman nasceu a 2 de janeiro de 1951 em Alexandria, no Egito. É um escritor ítalo-egípcio-americano e foi catapultado para o sucesso com a sua obra Chama-me pelo teu nome, de que falámos neste link. Encontra-me é a continuação dessa história. Tal como Chama-me pelo teu nome, Encontra-me é uma história sobre amor. É uma continuação mas que tem o dom de ser mais abrangente do que o livro inícial onde conhecemos apenas uma história de amor. Neste livro, dividido em várias partes, conhecemos várias e sobre vários tipo de amor. É um livro extremamente bem escrito, muito poético e que consegue intercalar as diferentes histórias mostrando ao leitor que, no fundo, todas fazem parte do mesmo e que amor é amor. O final deixou-me um pouco indecisa, julguei-o mais triste do que serie necessário, acho que o autor acaba por priviligiar uma das histórias de amor face às outras, mas tudo bem. Também tem uma grande parte mais erótica. Uma história linda que supera qualquer preconceito, que se lê em menos de nada e promete adoçar muitos corações. Recomendado! 4*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s