Dez livros esgotados que tenho na minha estante

Ultimamente, tenho percebido que tenho muitos livros esgotados na minha estante. Então, decidi vir falar-vos de alguns. Ora vejam lá…

O Historiador – Elizabeth Kostova

Wook.pt - O Historiador

Uma noite, ao explorar a biblioteca do pai, uma jovem mulher encontra um livro antigo e um maço de cartas amareladas. As cartas começam todas por «Meu caro e desventurado sucessor…» e fazem-na mergulhar num mundo com que ela nunca tinha sonhado – um labirinto onde os segredos do passado do pai e do misterioso destino da mãe se ligam a um mal inconcebível escondido nas profundezas da história. As cartas abrem caminho para um dos poderes mais perversos que a humanidade já conheceu – e para uma busca que dura há séculos para encontrar a origem dessa perversidade e extingui-la. É uma busca da verdade sobre Vlad o Empalador, o governante medieval cujo bárbaro reinado esteve na base da lenda do Drácula. Gerações de historiadores arriscaram a reputação, a saúde mental e mesmo a vida para saber a verdade sobre Vlad o Empalador e Drácula. Agora, a jovem decide empreender por sua vez essa busca para seguir o pai numa perseguição que quase o destruiu quando ainda era um novo e entusiasta académico e a mãe ainda estava viva.

 

Astrologia Kármica – Sussuca Ferreira

image (1)

Post no Blog

A Astrologia Kármica é uma forma de leitura astrológica que tem como foco a compreensão das nossas vidas passadas para a aprendizagem do crescimento humano espiritual. Utiliza como base de leitura os doze karmas, que no Oriente são designados por «Cabeça de Dragão» e «Cauda de Dragão», e no Ocidente por «Nódulos Lunares». A Cabeça de Dragão ou Nódulo Norte representa aquilo que temos a aprender; o Norte é o presente, o momento em que podemos mudar e crescer, representa aquilo que temos de fazer para buscar o equilíbrio, aquilo que viemos aprender. A Cauda de Dragão ou Nódulo Sul representa o passado, as nossas acções habituais e enraizadas. Os Nódulos são representados por um eixo entre dois signos opostos; assim, o homem está sempre entre extremos e tem de aprender a atingir o equilíbrio. O que o nativo de cada signo deve aprender é que o seu principal objectivo é percorrer o caminho da virtude, o grau zero entre o Norte e o Sul, no qual poderá evoluir. Este grau zero é aquilo a que a autora chama de Dharma, e a Astrologia Kármica ensina como alcançar esta dádiva.

 

A Vida Secreta das Abelhas – Sue Monk Kidd

Wook.pt - A Vida Secreta das Abelhas

Post no Blog

Em A Vida Secreta das Abelhas conhecemos Lily, então com 14 anos. Lily vive com o pai e tem imensas saudades da mãe, que acredita ter morto acidentalmente quando tinha 4 anos. Vende pêssegos que o pai violento e autoritário produz e a sua única amiga é a criada negra de ambos, Rosaleen. Um dia, Rosaleen acaba por ir presa e, para a salvar, Lily vai fazer algo capaz de mudar drasticamente a vida de ambas. Acabam fugidas, escondidas na casa de umas misteriosas irmãs com nomes de meses.

Clarissa – Érico Veríssimo

Wook.pt - Clarissa

Post no Blog

Nesta obra Clarissa está prestes a fazer 14 anos e teve de sair da casa dos seus pais, numa fazenda no interior, para ir para a pensão da tia na cidade grande para poder estudar. Ali, na pensão, ela conhece as mais variadas personagens, que lhe mostram o que é o mundo real. E aos poucos Clarissa vai-se descobrindo e descobrindo o mundo, enquanto se torna mulher.

 

Passarinhos – Anaïs Nin 

Paarinhos (1).jpg

Post no Blog

Passarinhos é um livro de contos eróticos, onde o sexo não é apenas uma pequena parte das histórias mas sim o assunto principal de todas as histórias. Anaïs Nin fala sem meias palavras ou meias medidas da sexualidade humana, sobretudo a feminina, de uma forma extremamente honesta e simples.

 

A História de Rosa Brava – José Régio

20200704_141406

Post no Blog

Em A História de Rosa Brava conhecemos Isabel e Rodrigo, bem como os seus cinco filhos: Isabel, Rosa, Chico, Quim (que faleceu com um ano e meio) e Marilia. Isabel, era a filha perfeita, sempre pronta para ajudar tudo e todos; Marília, a beleza e a doçura em pessoa, que conquistava qualquer um à primeira vista; Chico é arroganta e agressivo mas como é rapaz “não faz mal”. Só Rosa, a Rosa desta história, é criticada ao longo da história de uma maneira mais feroz por todas as personagens. Irrequieta, que chorava muito em bebé e mais tarde pregava muitas partidas, chegou ao ponto de ser apelidada de Rosa, a Brava. Mas será Rosa assim tão brava na realidade?

O Retrato de Rose Madder – Stephen King

O Retrato de Rose Madder - Manuseado

Post no Blog

Rose foi casada com Norman durante 14 anos. Catorze longos anos de silêncio, muitas conversinhas e muita porrada. E isso nem era o pior que Norman fazia…
Um dia Rose acorda e, ao olhar para uma pequena mancha de sangue no lençol, percebe que se não deixar Norman vai acabar morta. É fugir ou morrer. E Rose foge. Acaba numa casa abrigo numa cidade distante, onde aos poucos vai começando uma nova vida, mas sabe que mais tarde ou mais cedo Norman vai encontrá-la. Afinal, ele é policia. É nessa cidade que ela acaba por comprar o retrato de Rose Madder. Mas aos poucos começa a perceber que há algo estranho naquele retrato. Ele move-se ou Rose estará a ficar louca?
Então, Norman chega.

Tambores na Noite – Marion Zimmer Bradley

Wook.pt - Tambores na Noite

Post no Blog

Em Tambores na Noite conhecemos a história de Mardee Haskell, uma actriz negra em início de carreira, que não sabe nada sobre o Haiti além de que é o país da sua mãe. Em processo de divórcio e momentaneamente sem trabalho, Mardee decide partir para o Haiti por uns meses, quando a sua velha tia avó lhes pede, a ela e à mãe, ajuda. Um filme sobre o Haiti está a ser feito nas propriedades da velha senhora, e ela já não se sente em condições para tratar de tudo e acolher os convidados. Mardee parte então para o Haiti, onde vai descobrir muito mais sobre si e a sua família do que aquilo que pensava…

 

O Bater Solitário do Coração – Henry Troyat

2690508876-o-bater-solitario-do-coracao-de-henry-troyat.jpg

Post no Blog

Em O Bater Solitário do Coração conhecemos Igor Dimitrievich, um velho exilado russo de 93 anos a viver em França em 1968. Viúvo, vive emaranhado na solidão e nas recordações, no centro de um mundo que já não reconhece como seu. À sua volta estão os filhos, as noras e os netos, todos com as suas próprias vidas e dramas, histórias de que ele só vagamente faz parte. Acompanhado por uma governanta/cuidadora de quem não gosta muito, continua a recusar-se a falar francês, limitando-se ao russo, apesar dos muitos anos que passaram desde a sua chegada a França.

O Colecionador – John Fowles

Resultado de imagem para o colecionador john fowles"

Post no Blog

Nesta obra Frederick Clegg é um funcionário municipal que não tem nada de extraordinário. Coleccionador de borboletas, não tem além desse mais nenhum hobbie interessante nem sequer amigos com quem se divertir, sendo até mesmo considerado algo estranho no seu trabalho. Gosta de observar Miranda, uma jovem com quem se cruza de vez em quando, mas nunca se apresentou sequer. Na opinião dele, pertencem a classes muito diferentes. Até que um dia Frederick ganha um prémio num jogo de apostas desportivas e se torna milionário. Continua o mesmo de sempre mas agora, rico e sem precisar trabalhar, tem todo o tempo do mundo para imaginar coisas e todo o dinheiro que precisa para as pôr em prática. Então, Frederick compra uma velha casa isolada. Arranja-a, decora-a e prepara o porão para aquilo a que ele chama “ter uma hóspede”. Depois, rapta Miranda.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s