Cinco livros de ficção que falam de epidemias

Diz-se por aí que o Covid-19 fez disparar as vendas de Ensaio Sobre a Cegueira, de José Saramago. Não é provavelmente a melhor maneira de manter a calma, mas é bastante compreensível. Entrando nesta onda, hoje trago uma pequena lista com livros que nos falam também de epidemias. Mas não se esqueçam: são só livros.
É preciso manter a calma e o pensamento positivo!

 

Ensaio Sobre a Cegueira – José Saramago

Wook.pt - Ensaio sobre a Cegueira

Um homem fica cego, inexplicavelmente, quando se encontra no seu carro no meio do trânsito. A cegueira alastra como «um rastilho de pólvora». Uma cegueira colectiva. Romance contundente. Saramago a ver mais longe. Personagens sem nome. Um mundo com as contradições da espécie humana. Não se situa em nenhum tempo específico. É um tempo que pode ser ontem, hoje ou amanhã. As ideias a virem ao de cima, sempre na escrita de Saramago. A alegoria. O poder da palavra a abrir os olhos, face ao risco de uma situação terminal generalizada. A arte da escrita ao serviço da preocupação cívica.
Um livro sobre uma doença que não é real!

 

Decameron – Giovanni Boccaccio

Wook.pt - Decameron

Nascido em Florença (1313-1375), Boccaccio era filho de um mercador e estava destinado ao ramo do comércio, como era desejo de seu pai; contrariou, no entanto, a vontade paterna, preferindo cultivar o talento literário que desde muito cedo nele se manifestou. Autor de um importante número de obras, foi todavia Decameron a obra que o consagrou. Trata-se de uma obra-prima da literatura universal. Escrita num estilo por muitos considerado demasiado cruel, fala-nos da peste negra. Este livro, onde a moral é muitas vezes posta em causa, retrata os costumes da sociedade italiana do século XIV. É constituída por cem novelas, divididas em dez partes (ou dias), ricas de interesse humano e histórico, por onde passa toda a casta de homens e mulheres, com suas virtudes e defeitos, levando o leitor a ficar totalmente absorvido pelo ritmo da narrativa.

 

A Peste – Albert Camus

Wook.pt - A Peste

Na manhã de um dia 16 de abril dos anos de 1940, o doutor Bernard Rieux sai do seu consultório e tropeça num rato morto. Este é o primeiro sinal de uma epidemia de peste que em breve toma conta de toda a cidade de Orão, na Argélia. Sujeita a quarentena, esta torna-se um território irrespirável e os seus habitantes são conduzidos até estados de sofrimento, de loucura, mas também de compaixão de proporções desmedidas. Uma história arrebatadora sobre o horror, a sobrevivência e a resiliência do ser humano, A Peste é uma parábola de ressonância intemporal, um romance magistralmente construído, que, publicado originalmente em 1947, consagrou em definitivo Albert Camus como um dos autores fundamentais da literatura moderna.

 

O Véu Pintado – Somerset Maugham

Wook.pt - O Véu Pintado

Kitty sente-se prisioneira de um casamento infeliz e de um estilo de vida que está longe de ser aquele que sonhou para si. Sem que tivesse obtido a notoriedade social que desejava e afastada do seu país e da família devido à profissão do marido – bacteriologista destacado para Hong Kong -, a jovem acaba por encontrar algum consolo numa relação extraconjugal. Mas a traição acaba por ser descoberta pelo marido, que leva a cabo uma estranha e terrível vingança…
Através do despertar espiritual da adorável e fútil Kitty, Somerset Maugham pinta um retrato vívido da presença britânica na China e apresenta-nos uma galeria de personagens inesquecíveis. O Véu Pintado foi por três vezes adaptado para o cinema: em 1934, num filme protagonizado por Greta Garbo; em 1957, com Bill Travers e Eleanor Parker; e em 2006, num filme realizado por John Curran, com Edward Norton e Naomi Watts nos principais papéis.

 

O Amor nos Tempos do Cólera – Gabriel García Márquez

Wook.pt - O Amor nos Tempos de Cólera

A história de amor vivida por Florentino Ariza e Firmina Daza é contada com toda magia do realismo fantástico de Gabriel. É um livro envolvente, que cativa o leitor do começo ao fim, que nos faz sonhar com um final feliz. As reflexões sobre a vida, o amor e a morte, temas constantes em García Márquez, são explorados de forma maestral neste livro.

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s