Os cinco livros mais comoventes da minha estante

Hoje trago-vos uma lista com alguns dos livros mais comoventes da minha estante. Quem gosta de histórias de fazer chorar? Nós por cá, adoramos!

 

O Meu Pé de Laranja Lima – José Mauro de Vasconcelos

Wook.pt - O Meu Pé de Laranja Lima

Zezé é apenas uma criança. Tem 5 anos, uma família grande e muito, muito pobre. Também têm muitas traquinices na cabeça, que não se cansa de pôr em prática. Por isso Zezé leva porrada, muita porrada. E a sua vida é apenas isso, pobreza e porrada, até que conhece Portuga, o português que lhe vai ensinar o que é a ternura. Mas esta é uma história verídica, e na vida real as coisas nem sempre terminam bem…
Baseado na infância do próprio autor, O Meu Pé de Laranja Lima é uma história capaz de pôr qualquer um a chorar baba e ranho como se não houvesse amanhã. E é também uma das histórias mais bonitas que conheço.

 

Viver Depois de Ti – Jojo Moyes

Wook.pt - Viver Depois de Ti

É cliché esta minha escolha? Provavelmente é. Mas ainda assim eu insisto nela.
Em Viver Depois de Ti conhecemos Louisa Clark, uma jovem com uma vida perfeitamente enfadonha banal, um emprego banal, um namorado banal, uma família unida e banal. Um dia Louisa fica desempregada e é então que se vê obrigada a aceitar um trabalho como cuidadora de Will Traynor, um jovem com uma vida que não tinha nada de banal, mas que após sofrer um acidente de mota se vê preso a uma cadeira de rodas. Acaba por se apaixonar, mas Will tem planos que podem não agradar a Louisa…

 

O Diário de Anne Frank

Wook.pt - O Diário de Anne Frank

Mais um que não podia faltar nesta minha lista. Escrito entre 12 de Junho de 1942 e 1 de Agosto de 1944, O Diário de Anne Frank foi publicado pela primeira vez em 1947, por iniciativa de seu pai, revelando ao mundo o dia a dia de dois longos anos de uma adolescente forçada a esconder-se, juntamente com a sua família e um grupo de outros judeus, durante a ocupação nazi da cidade de Amesterdão. Todos os que se encontravam naquele pequeno anexo secreto acabaram por ser presos em Agosto de 1944, e em Março de 1945 Anne Frank morreu no campo de concentração de Bergen-Belsen, a escassos dois meses do final da guerra na Europa. O seu diário tornar-se-ia um dos livros de não ficção mais lidos em todo o mundo, testemunho incomparável do terror da guerra e do fulgor do espírito humano.

 

O Rapaz do Pijama às Riscas – John Boyne

Wook.pt - O Rapaz do Pijama às Riscas

Recentemente noticiado por ser um livro sobre uma época da história que não é baseado em dados históricos e por, dizem os especialistas, ser algo que nunca poderia ter acontecido. Concordo totalmente mas este é, ainda assim, um livro muito, muito comovente. Aqui conhecemos Bruno, filho de um oficial nazista, que um dia encontra uma cerca de arame farpado e, do outro lado da cerca, um rapazinho da sua idade com um pijama às riscas. Mas será que é mesmo um pijama?

 

Para Onde Vão os Guarda-Chuvas? – Afonso Cruz

Wook.pt - Para Onde Vão os Guarda-Chuvas

Aqui conhecemos a história de um homem que ambiciona ser invisível, de uma criança que gostaria de voar como um avião, de uma mulher que quer casar com um homem de olhos azuis, de um poeta profundamente mudo, de um general russo que é uma espécie de galo de luta, de uma mulher cujos cabelos fogem de uma gaiola, de um indiano apaixonado e de um rapaz que tem o universo inteiro dentro da boca. Um livro que é uma metáfora a muitos temas actuais, e que tem um final que eu ainda não consegui ultrapassar, apesar de já terem passado vários anos desde que o li. Maravilhoso!

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s