Lançamento Literário do Mês [Dezembro 2020]

Resultado de imagem para o rapaz de auschwitz"

O lançamento literário que vos trazemos hoje é de Novembro, mas ainda assim continua a ser um lançamento e achamos sinceramente que não podemos deixá-lo passar em branco. Espero que gostem!

Esfomeado, espancado e molestado: assim foi a vida de Steve Ross nos anos que passou nos campos de morte de Hitler. Ross nunca perdeu a esperança, mesmo quando foi deixado inconsciente numa pilha de corpos para incinerar. Sobreviveu a 10 campos de concentração e esta obra é o seu testemunho de dor e de crueldade, mas também uma demonstração da resiliência e da capacidade de superação do ser humano.

Arrepiante, comovente e heróico, O Rapaz de Auschwitz é a história de uma criança que sobreviveu ao Holocausto e dedicou a vida a ajudar outras pessoas. Um relato inesquecível sobre o desespero e a capacidade de resistência e uma meditação profunda sobre moralidade, a vida e a morte. No dia 29 de Outubro de 1939 a vida do pequeno Szmulek Rozental mudou para sempre. Os nazis marcharam em direcção à vila onde vivia, na Polónia, mudando o destino da família. Com apenas oito anos é forçado a enfrentar horrores inimagináveis.

Com uma determinação e coragem surpreendentes, sobrevive a alguns dos campos de concentração mais mortíferos, como Auschwitz e Dachau. Durante o tempo que esteve preso, foi obrigado a beber químicos como parte de experiências médicas macabras, partiram-lhe as costas, sofreu de tuberculose, teve piolhos, escaras e furúnculos. Foi seleccionado para morrer, mas conseguiu escapar vivo escondendo-se num monte de fezes, debaixo de uma latrina. Em Auschwitz, Ross fugiu ao fuzilamento correndo e escondendo-se debaixo de um comboio em movimento. Após a tentativa de fuga, foi enviado para outros campos, terminando em Dachau, de onde foi libertado a 29 de Abril de 1945 pelos soldados americanos. Toda a família, exceto um irmão, foi morta. Ross passou décadas a tentar encontrar o soldado que conheceu em Dachau e que lhe «devolveu a vontade de viver, restaurando a sua confiança nos homens.» Viria a conhecer a família do soldado Sattler, entretanto falecido, em 2012.

A sua notável resiliência e esperança permitiram-lhe sobreviver contra todas as expectativas. Sofreu actos cruéis, mas também foi alvo de compaixão e de gestos de bondade, revelando a capacidade do ser humano para superar as circunstâncias mais adversas. Depois da guerra, foi para Boston, adoptou o nome de Steve Ross e começou uma nova vida.

Livro na Wook

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s