A Criança na Mala – Lene Kaaberbol e Agnete Friis

250x
Comprar A Criança na Mala

“Chegara a falar com colegas de Nina  que tinham trabalhado com ela em vários pontos nevrálgicos do globo. Que tinham uma grande admiração por ela. Disseram-lhe que ela conseguia permanecer quase inumanamente fria e competente no meio das mais terríveis crises. Quando rios derrubavam pontes, quando uma granada de luz incendiava as tendas da enfermaria, quando pacientes chegavam com braços e pernas desfeitos por causa de explosões de minas… Nina era a pessoa com quem se podia sempre contar. Liderara uma cruzada incrivelmente eficiente de uma só mulher para salvar o mundo. Somente a sua própria família a reduzia a uma impotência abjecta.”

Em A Criança na Mala conhecemos Nina, uma enfermeira que encontra, por indicação de uma amiga chamada Karin, uma criança fechada numa mala, dentro de um cacifo. Sem saber muito bem o que fazer Nina parte em buscas de resposta, atrás de Karin mas rapidamente percebe que o melhor que pode fazer é fugir e esconder-se a si e ao menino que fala uma língua que ela não compreende.

Resultado de imagem para Agnete Friis
Agnete Friis

Este livro é um thriller bastante intenso, que se passa a um ritmo alucinante. O leitor nunca fica aborrecido. Não sou especialmente fã dos autores nórdicos, mas francamente adorei este livro.

É uma história com muitas personagens, o que a principio pode ser um pouco confuso. Perceber quem é quem e não perder o fio à meada é importante. Há uma surpresa razoável algures no meio da história, que se desenvolve para um lado que pelo menos eu não estava à espera. É uma história que sem dúvida vale muito a pena.

Lene Kaaberbol

O livro prende-nos logo no início e só conseguimos parar mesmo quando a história acaba. ainda assim fica um sabor de “quero mais”, ficamos com vontade de querer saber o que aconteceu com algumas personagens depois daquilo. Conseguimos imaginá-lo, mas ainda assim queríamos lê-lo. É um livro que devoramos, um daqueles livros que nos prende pela madrugada dentro para ler “só mais um capitulo”. Chega a causar arrepios, em determinado momento.

As personagens são profundas e bem construídas mas Nina, a personagem principal, é uma personagem especialmente complexa e muito bem construída. Vê-se que ainda há toda uma história para desenvolver.

As autoras, Agnete Friis e Lene Kaaberbol, são ambas dinamarquesas e lançaram já este mês (Abril de 2019) um segundo livro sobre a enfermeira Nina. Um novo thriller que  promete ser tão bom como o primeiro e que acaba de entrar para a minha lista de “Para Ler”.

Este foi um thriller muito, muito bom!

Muito recomendado!

5*

Wook.pt - Homicídio Invisível

2º Livro: Homicídio Invisível

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s