12 Livros para Ler em 2019

Hoje venho falar-vos de uma das minhas metas de leitura para 2019. Doze livros para doze meses, um livro por mês, a maioria são livros que já fazem parte da minha (enorme) lista de livros para ler há algum tempo. Preparados?

 

Wook.pt - Princípio de KareninaPrincípio de Karenina – Afonso Cruz

Um pai que conta uma história à filha. Um pai que ergue muros de silêncio, uma mãe que faz arco-íris de música, uma criada quase tão velha como o Mundo, um amigo que veste roupas de mulher, uma amante que carrega sabores e perfumes proibidos. São estas algumas das inesquecíveis personagens que rodeiam este homem que se dirige à filha, que testemunham – ou dificultam – essa procura do amor mais incondicional.
A sinopse deste livro faz-me lembrar o fantástico Para Onde Vão os Guarda-Chuvas e, só por isso, não o posso perder.

 

 

Wook.pt - O Sol Nasce Sempre (Fiesta)

O Sol Nasce Sempre (Fiesta) – Ernest Hemingway

Passado entre Espanha e França, na geração do pós I Guerra Mundial, este livro retrata a vida de um grupo de amigos boémios. Um livro que nos fala de uma geração sem raizes, um retrato fiel da sociedade da época.

 

 

Cem Anos de Solidão – Gabriel García Márquez

Wook.pt - Cem Anos de Solidão

Muitos anos depois, diante do pelotão de fuzilamento, o coronel Aureliano Buendía haveria de recordar aquela tarde remota em que o pai o levou a conhecer o gelo.
Com estas palavras – tão célebres já como as palavras iniciais do Dom Quixote ou de À Procura do Tempo Perdido – começam estes Cem Anos de Solidão, obra-prima da literatura contemporânea, traduzida em todas as línguas do mundo, que consagrou definitivamente Gabriel García Márquez como um dos maiores escritores do nosso tempo. A fabulosa aventura da família Buendía-Iguarán com os seus milagres, fantasias, obsessões, tragédias, incestos, adultérios, rebeldias, descobertas e condenações são a representação ao mesmo tempo do mito e da história, da tragédia e do amor do mundo inteiro.

 

A Quinta dos Animais – George Orwell

Wook.pt - A Quinta dos Animais

À primeira vista, este livro situa-se na linhagem dos contos de Esopo, de La Fontaine e de outros que nos encantaram a infância. Tal como os seus predecessores, Orwell escreveu uma fábula, uma história personificada por animais. Mas há nesta fábula algo de inquietante. Classicamente, atribuir aos animais os defeitos e os ridículos dos humanos, se servia para censurar a sociedade, servia igualmente para nos tranquilizar, pois ficavam colocados à distância, «no tempo em que os animais falavam», os vícios de todos nós e as sua funestas consequências. Em A Quinta dos Animais o enredo inverte-se. É a fábula merecida por uma época – a nossa época – em que são os homens e as mulheres a comporta-se como animais.

Wook.pt - Os Melhores Contos de Edgar Allan Poe
Os Melhores Contos de Edgar Allan Poe

Há muito que quero ler Edgar Allan Poe e esta edição ficou-me logo debaixo de olho. Aqui encontramos alguns dos melhores contos deste mestre do terror, cheios de fantásticas ilustrações de artistas nacionais.

 

Wook.pt - Equador

 

Equador – Miguel Sousa Tavares

Equador é um retrato brilhante da sociedade portuguesa nos últimos dias da Monarquia, que traça um paralelo entre os serões mundanos da capital e o ambiente duro e retrógrado das colónias. Comovente e perturbador, continua a ser um dos romances mais admirados de Miguel Sousa Tavares.

 

 

Wook.pt - Sapiens - História Breve da HumanidadeSapiens – Yuval Noah Harari

Recorrendo a ideias da paleontologia, antropologia e sociologia, Yuval Noah Harari analisa os principais saltos evolutivos da humanidade, desde as espécies humanas que coexistiam na Idade da Pedra até às revoluções tecnológicas e políticas do século XXI — que nos transformaram em deuses, capazes de criar e de destruir.  Esta é uma obra desafiadora, desconcertante e inteligente, uma perspectiva única e original sobre a nossa História e o impacto do ser humano no planeta.

 

 

Wook.pt - Admirável Mundo Novo

Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley

Publicado em 1932, este livro descreve uma sociedade futura em que as pessoas serão condicionadas em termos genéticos e psicológicos, a fim de se conformarem com as regras sociais dominantes. Essa sociedade divide-se em castas e desconhece os conceitos de família e de moral. Contudo, esse mundo quase irrespirável não deixa de gerar os seus anticorpos. Um livro com décadas de vida mas que ainda hoje é de uma actualidade impressionante.

 

 

Wook.pt - ViúvasViúvas – Lynda La Plante

Dolly, Linda e Shirley ficam devastadas quando os seus maridos morrem durante uma tentativa falhada de assalto – por eles preparado ao pormenor – a uma carrinha de valores.
Quando Dolly descobre uma arma, dinheiro e os planos do assalto dentro de uma caixa depositada no banco pelo marido, confronta-se perante três opções: desistir e esquecer o que encontrou; entregar tudo à polícia ou aos criminosos que a têm assediado para obter informações que julgam estar na posso dela; ou concluir juntamente com Dolly e Shirley o plano traçado pelos respectivos maridos. 

 

Wook.pt - 1984

1984 – George Orwell

Dois livros do mesmo autor (um autor que nunca li) na mesma meta de leitura? Sim, pode correr mal.
Em 1984 George Orwell apresenta-nos uma distopia, um mundo uniformizado e vigiado constantemente. Aqui, quem comanda é o Big Brother. Um livro tido muitas vezes como sendo a melhor distopia do século 20.

 

Wook.pt - A Bailarina de AuschwitzA Bailarina de Auschwitz – Edith Eger

Edith Eger tinha 16 anos quando foi enviada para Auschwitz. Passou pelos maiores tormentos, foi obrigada a dançar para o terrivel Mengele, o médico da morte e quando a guerra terminou foi encontrado no meio de um monte de corpos moribundos. Mas ela soube transformar a sua experiência em algo positivo…
Uma história real, sobre um dos piores momentos da humanidade. E também uma história inspiradora.

 

Wook.pt - Meu

Meu – Susi Fox

Uma mãe diz que o recém-nascido que lhe trazem não é seu. Depressão pós-parto? Ou um dos piores pesadelos de uma mãe? Sasha vê-se obrigada a um parto prematuro, por cesariana. Mas quando o bebé nasce, ela diz que não é seu. Todos interpretam aquilo como um caso grave de depressão pós-parto, mas a situação piora. Sasha torna-se amiga de Brigitte e fica horrorizada ao descobrir que o filho dela é de facto o seu.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s