O Retrato de Dorian Gray – Oscar Wilde

Cada um de nós, Basil, tem em si o céu e o inferno!”

Nesta obra prima de Oscar Wilde conhecemos a história de Dorian Gray, um jovem ingénuo, dono de uma beleza invulgar. Basil, um pintor que se enamora do belo jovem, acaba por pintar um retrato dele em torno do qual passa a girar toda a história: o retrato começa a envelhecer no lugar de Dorian.

É difícil falar de um livro destes. Dorian é uma personagem icónica da literatura, a obra é um clássico e tudo o que eu possa aqui dizer já foi, muito provavelmente, dito. Ainda assim atrevo-me.

O Retrato de Dorian Gray é uma obra soberba. De uma escrita excepcional, com personagens de uma complexidade e de um realismo fantástico e com uma história original que nos põe a cismar sobre o bem e o mal.

Dorian é uma personagem de que por vezes até conseguimos gostar mas que chega a ser odiosa de tanta coisa que faz.

Não vou dizer que é uma leitura fácil. Não é uma leitura fluída, que se devora de uma ponta a outra em menos de nada, mas ainda assim é um livro que se lê bem. Uma história que fica a martelar-nos na cabeça até muito tempo depois de o termos lido. E uma história como não há mais nenhuma, soberba! Um dos meus clássicos preferidos, sem dúvida.

Livro recomendado!

Livro na Wook

 

2 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s