Resumo de Leituras [Maio 2021]

O Leitor do Comboio – Jean-Paul Didierlaurent

Wook.pt - O Leitor do Comboio

Livro Físico

Nesta obra Guylain Vignolles vive sozinho com o seu peixinho vermelho, quase o único confidente de que dispõe. A mãe vive longe e não sabe a verdade da sua vida, namorada não há e os amigos são poucos. Ainda assim não é isso, nem sequer o nome que é um trocadilho triste com a expressão “fantoche feio”, o pior dos seus dias. O pior dos seus dias é o seu trabalho! Guylain trabalha numa fábrica de reciclagem de papel e produção de livros. Ele é o encarregado de manusear A Coisa, uma assustadora máquina de várias toneladas, com mortais dentes de aço que destroem toneladas de livros de cada vez! Guylain detesta o seu odioso trabalho e sempre que consegue salva as poucas páginas que A Coisa não consegue destruir. Depois, lê-as em voz alta no comboio, para quem o quiser ouvir. E serão essas viagens de comboio que começarão a mudar a sua vida… Há livros que nasceram para ser clássicos e outros que não. Este é um daqueles livros que nunca serão um clássico da literatura, mas não faz mal. A história deste livro é simples, singela, tocante e apesar de tudo muito “fora da caixa”. Não sei se foi por a minha vida ser sempre no meio dos livros ou se acontecerá o mesmo a todos os leitores desta obra, mas a verdade é que a ideia d’A Coisa a dado momento me aterrorizou. Que monstro destruidor horripilante! Não sei se haverá maior pesadelo para um amante de livros… Guylain pode parecer inicialmente ao leitor uma personagem murcha, parada, quase sem graça. Mas à medida que o vamos conhecendo, apaixonamo-nos por ele. Ele é, sim, uma pessoa simples. Alguém que se contenta com a sua taça de cereais e o seu peixinho vermelho como única companhia. Mas lá no fundo ele anseia por mais. Há uma solidão escondida, velada, quase que nem sequer é referida. Depois, percebemos que apesar de ser alguém sem muita sorte na vida, é alguém com um coração enorme. Que história! Tão simples e tão impactante! Difícilmente me irei esquecer deste livro, foi provavelmente um dos melhores que já li este ano e ainda assim é quase desconhecido de tão costumeiro. A leitura é fácil e veloz, o autor não enrola, não há pausas nem descrições desnecessárias. Muito, mesmo muito recomendado! 5*, com entrada na lista de preferidos!

Os Pássaros – Afonso Cruz

Wook.pt - Os pássaros

Livro Físico

Os pássaros e o menino desta história falam muito. O que dizem os pássaros? Dizem que voar é cair contra o céu e muitas outras coisas. Que mais dirão os pássaros? Os Pássaros de Afonso Cruz é um livro de poesia infantil que não rima, mas que introduz nos pequenos leitores a poesia escrita e a própria poesia da vida. É um livro poema, um livro magia, um livro pássaro. Muito, muito bonito. 4*

Filhos à Venda – Kristina McMorris

Wook.pt - Filhos à Venda

Livro Físico

Ellis, um jornalista, encontra por acaso uma casa onde estão duas crianças com uma placa que diz “Vendem-se duas crianças”. Resultado da fome e da pobreza. Fica tão chocado que tira uma foto. O chefe, impressionado, pede-lhe que escreva um artigo para acompanhar, mas por acidente a foto de Ellis é destruída. Com medo de perder a sua grande oportunidade, Ellis volta à casa para tirar uma nova foto, mas apenas encontra a placa. Então, pega nela e vai para outra casa, onde encontra outras crianças que usa para tirar uma nova foto. Uma acção que traria graves consequências… Quem segue o blog com frequência já deve ter percebido que eu não costumo dar opiniões negativas sobre livros. É muito raro! E isso é fácil de explicar: eu sei do que gosto e escolho muito bem as minhas leituras, para não correr o risco de perder tempo com coisas que não gosto. Ainda assim, como se costuma dizer, toda a gente se engana. E eu enganei-me, muito, com este livro. Eu pensei sinceramente que ia ler uma história dramática sobre pobreza, fome e crianças. Mas a verdade é que as crianças desempenham um papel bastante secundário neste livro. No máximo podemos dizer que é um livro sobre como as acções dos adultos afectam as crianças, mas ainda assim muito superficial. As crianças aparecem, sim, e têm uma história dramática. Mas isto é, na realidade, a história da vida e do quotidiano dos jornalistas. As baratas no quarto de um, a outra que é mãe solteira, os namoros e traições, as famílias, os dilemas… em tudo os jornalistas, tudo sobre os jornalistas. Sinceramente? Eu quero lá saber que jornalista é que dormiu com quem ou se o chefe deste ou daquele é um bêbado. Eu queria uma história sobre as crianças e as dificuldades que elas passavam, mas isso foi totalmente renegado para um papel secundário. Acabei, admito, por não ler o livro todo. Cheguei à conclusão que estava apenas a perder tempo e a minha lista de leituras em espera é tão grande que perder tempo é uma coisa que não me dá jeito nenhum. O livro tenta retratar um “caso real”, uma “realidade dura” mas é um livro muito superficial. Não sei se no fim do livro ele melhora; talvez melhore. Mas não sou eu que vou perder mais tempo a tentar descobrir. Não recomendado.

O Anjo da Guarda do Avô – Jutta Bauer

Wook.pt - O Anjo da Guarda do Avô

Livro Físico

Um avô no hospital conta a história da sua vida ao neto. Passou por muita coisa, mas está longe de contar tudo. Quem conta tudo são as ilustrações desta história e verdade seja dita, aquele avô passou por muito mais do que diz e tem um excelente Anjo da Guarda! Recomendado pelo plano nacional de leitura para crianças dos 6 aos 8 anos, O Anjo da Guarda do Avô é um livro bonito, que passa rapidamente como passa uma vida. A interacção entre a história e a ilustração é incrível e está muito bem construído! Muito recomendado. 4*

O Filho de Mil Homens – Valter Hugo Mãe

O filho de mil homens - Livro - WOOK

Livro Físico

Em O filho de mil homens conhecemos Crisóstomo, um pescador solitário de 40 anos que tudo o que mais quer é ter um filho; Casimiro, um orfão por duas vezes, filho de 15 pais, que tudo o que quer é ter uma família e poder estudar; Isaura, a mulher que começa a encolher depois de se ver rejeitada; a anã que tudo o que quer é ser uma mulher como as outras e ter um homem com quem dividir a cama e a vida; Antonino, um gay que queria mesmo era não querer o que quer; e muitos mais… O filho de mil homens é um livro com muitas personagens, que têm entre si uma coisa em comum: a necessidade de amor e aceitação. Não é uma história que se deva ler de uma assentada. Merece ser mastigada, digerida, compreendida. É belíssima a forma como fala do amor nas suas facetas mais reais, das injustiças da vida e da sociedade de forma crua e poética e como nos traz personagens que são ao mesmo tempo caricatas e simultâneamente iguais a nós. É um daqueles livros que tem poesia em cada frase e que ainda assim consegue deixar o leitor com um aperto no estômago e outro no coração. É um livro sobre ser humano, sobre os seres humanos, e todas as nossas dores, medos e necessidades no que elas têm de mais primitivo e mais belo. Escrito de uma maneira magistral, visitando ora uma personagem ora outra, pode ser confuso se não for lido com a devida atenção. Mas merece toda a atenção que possam dispensar! As histórias das diferentes personagens vão-se cruzando aos poucos de forma maravilhosa e surpreendente, coerente, sem deixar pontas soltas nem desvendar demasiado de uma única assentada. O leitor fica agarrado do início ao fim e pode até, quem sabe, soltar uma ou outra lágrima. Revoltante por vezes, comovente quase sempre. Dorido, mas lindíssimo. Muito recomendado! 5*

Apontamentos – Irene Lisboa [Releitura]

Wook.pt - Apontamentos

Livro Físico

Irene do Céu Vieira Lisboa nasceu a 25 de dezembro de 1892 em Arruda dos Vinhos e faleceu a 25 de novembro de 1958 em Lisboa. Foi escritora, professora e pedagoga. Entre as suas obras mais conhecidas contamos com Uma Mão Cheia de Nada Outra de Coisa Nenhuma, Esta Cidade!, Solidão, entre outras. Apontamentos é uma espécie de diário escrito por Irene Lisboa. Relata-nos, à sua maneira, o seu dia-a-dia, as suas vivências, as suas opiniões. Foi publicado originalmente em edição de autor após a autora não ter conseguido publicá-lo através de nenhuma editora e traz também algumas reacções da autora às reacções do público à obra dela. Não é o meu género de leitura habitual, mas é uma leitura interessante. Ficamos com a sensação de conhecer muito melhor Irene Lisboa, os seus pensamentos e as suas acções. Nem sempre é fácil seguir o texto, que se baseia no pensamento da autora e não tem um fio condutor tradicional, como uma história de ficção. Mas desde que o leitor esteja realmente atento à leitura, não terá problemas e maior. É um bom livro para conhecer um pouco melhor a sociedade portuguesa daquele tempo. Recomendado. 3*

O Monstro das Cores – Anna Llenas

Wook.pt - O Monstro das Cores

Livro Físico

Certo dia o Monstro das Cores acordou confuso: não percebe lá muito bem o que está a sentir. Então, é precio ajudá-lo a perceber. Cada emoção tem uma cor, cada cor representa uma emoção. O melhor é organizá-las bem… O Monstro das Cores pode não ser o melhor livro para as crianças lerem sozinhas, mas é um excelente livro para ler para eles e para trabalhar as emoções com eles. Bastante simples e muito eficiente, é fácil de entender e ajuda muito a explicar as emoções e perceber como se sente a criança. Um livro muito bom para pais, educadores, professores e até psicólogos trabalharem com os mais novos. Muito recomendado! 5*!

O Rapaz do Rio – Tim Bowler

Wook.pt - O Rapaz do Rio

Livro Físico

Em O Rapaz do Rio conhecemos a história de Jess e da sua família. Jess tem uma relação muito forte e especial com o avô, mas agora o avô está doente e vai morrer e a vida da família está virada de pernas para o ar. A única coisa que consegue fazer Jess sentir-se um pouco melhor é nadar, e é por isso que ela vai tantas vezes para o rio. É nessas suas aventuras que começa a avistar um misterioso rapaz que nada ainda melhor que ela e que não devia estar ali… Jess percebe que o seu avô está a morrer e isso torna este livro numa história bastante triste. Mas ainda assim o que mais sobressai não é a tristeza, mas o amor que os une, as suas semelhanças e as suas história. É também uma história de coragem e superação, de vontade de viver, de amizade e lições para a vida. Um livro verdadeiramente inspirador que promete pôr os mais novos a pensarem na vida e na morte de uma forma mais calma… Muito recomendado! 5*!

Não deixes o pombo guiar o autocarro! – Mo Willems

Wook.pt - Não Deixes o Pombo Guiar o Autocarro!

Livro Físico

O motorista do autocarro vai só ali e precisa que o leitor fique a tomar conta do autocarro. Mas há uma coisa muito importante! O Pombo não pode guiar o autocarro! Não mesmo! O motorista sai e aparece logo o Pombo, que quer muito guiar aquele autocarro! Irá o leitor conseguir impedi-lo? Criativo, divertido e diferente, este é um livro para ser lido às crianças e com o qual elas têm uma engraçada interacção. O Pombo é esperto e tem mesmo muita vontade de guiar aquele autocarro!
Cabe ao pequeno leitor impedi-lo! Muito recomendado! 5*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s