Cinco livros infantis para enternecer corações

Metade Metade – Isabel Minhós Martins

Wook.pt - Metade, Metade

Livro Físico
Post no Blog

Metade deste livro fala de amor e a outra metade também. A meia voz, a meia luz, sem meias palavras nem meios termos, um menino faz a sua primeira declaração de amor. Quem nunca esteve apaixonado? Quem nunca acordou meio estremunhado, a meio de uma frase, e teve vontade de correr meio mundo pela sua cara metade?

Os Pássaros – Germano Zullo

Wook.pt - Os Pássaros

Livro Físico
Post no Blog

As pequenas coisas não existem para que reparemos nelas. Existem para ser descobertas. E basta uma para mudar o mundo. Uma carrinha cheia de pássaros percorre as curvas da estrada. Quando a porta se abre, muitas asas coloridas cruzam o azul do céu. Mas, lá dentro, muito tímido e encolhido, fica um passarinho. Conseguirá ele voar? Esta história, cheia de cor, inocência e generosidade, encontrará o seu caminho no coração dos leitores.

Pê de Pai – Isabel Minhós Martins

Wook.pt - Pê de Pai

Livro Físico

Um pai é capaz de se transformar nas coisas mais incríveis: num tractor, num escadote, num colchão ou num esfregão… Um livro que olha de perto a relação de cumplicidade entre pai e filho. E que convida filhos e pais a descobrirem-se juntos ao virar de cada página.

Um Gato Tem Sete Vidas – Luisa Ducla Soares

Wook.pt - Um Gato Tem 7 Vidas

Livro Físico

Dizem que um gato tem sete vidas. O gato desta história também as tem. Pode meter-se em brincadeiras e aventuras, pode ver muitas vezes a morte à sua frente, mas escusa de se esconder, pois ela deixa-o gozar o esplendor da vida, e ser feliz como só os gatos sabem ser. Até que acaba de viver plenamente as suas sete vidas. Então, velho e cansado, deixa-se adormecer. Para sempre.

A Guerra – José Jorge Letria

Wook.pt - A Guerra

Livro Físico

Nasce como doença sussurrada e cresce a partir do ódio, da ambição e do medo. Não ouve, não vê, tão-pouco sente; mas esmaga e cala. A guerra é, porventura, o mais perene produto em série alguma vez inventado. Num mundo armadilhado como nunca antes, este poema ilustrado de José Jorge Letria e André Letria é como um archote que se lança sobre a memória adormecida.

Sinopses de wook.pt

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s