Três personagens femininas que marcaram a literatura clássica

Helena de Tróia

Helena de Troia, quem foi? História, importância e versões

A Ilíada
Livro Físico

Na mitologia grega Helena era filha de Zeus e da rainha Leda. Conhecida como a mulher mais bela do mundo, Helena foi raptada por Teseu, facto que deu início à Guerra de Tróia. A mais conhecida obra literária que tem Helena como personagem é a Ilíada de Homero. A Ilíada é considerada a primeira obra de literatura ocidental e, por consequinte, Helena é a primeira personagem feminina relevante da literatura ocidental! E é, verdade seja dita, uma personagem impressionante. De uma beleza estonteante, complexa e muito inteligente, Helena é uma mulher ambígua, que tão depressa é considerada como a “femme fatale” causadora da guerra como é vista como uma simples vitíma. Além de A Iliada, ao longos dos séculos, muitas foram as obras onde esta personagem reapareceu. Podem ver por exemplo ver Helena de Tróia de Margaret George e a Helena de Tróia de Bettany Hughes.

Penélope

mitologia-grega-penelope

A Odisseia
Livro Físico

Na mitologia grega Penélope é a esposa de Ulisses, filha de Icário e de Periboea. Quando Ulisses partiu para lutar na Guerra de Tróia não deu notícias durante vários anos e muitos julgavam-no morto. Começaram então a pressionar Penélope para que casasse novamente mas ela, fiel ao marido, recusou. A determinada altura, para acalmar os ânimos, Penélope promete casar-se novamente assim que terminar de tecer um sudário. O que ninguém sabia era que Penélope tecia de dia, à vista de todos, mas de noite desfazia às escondidas o que tinha tecido. Penélope é a representação da esposa perfeito, do amor incondicional que não se cansa de esperar. Surge na Odisseia de Homero, a continuação de A Ilíada. Também esta personagem renasceu em várias outras obras ao longo dos séculos, como é o caso de A Odisseia de Penélope de Margaret Atwood.

Antígona

A tragédia na peça teatral “Antígona”, de Sófocles. Antígona

Antígona de Sófocles
Livro Físico

Antígona é, na mitologia grega, filha de Édipo e irmã de Etéocles e Polinice. Quando os seus irmãos morrem em luta pelo trono de Tebas e Creonte sobe ao poder ele permite que o corpo de Etéocles seja sepultado com todos os rituais devidos, mas proibe que o mesmo para o corpo de Polinice, ordenando que ele seja largado sem sepultura para que as aves e os cães o comam. Antígona não concorda e começa então uma luta contra o poder para sepultar o seu irmão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s