Sete anti-heróis da literatura que vale a pena conhecer

O que é um anti-herói? É aquela personagem que, apesar do seu papel essencial na história, não tem todas as caracteristicas que são normalmente atribuidas aos heróis. Eles podem hesitar, praticar más acções, ter um aspecto duvidoso ou até serem realmente maus e cruéis num dado momento da história. Ainda assim, estes anti-heróis são muitas vezes personagens apaixonantes e que causam fortes identificações nos leitores, afinal… ninguém é perfeito!

Querem conhecer alguns anti-heróis? Vamos a isto…

Severus Snape

Severus Snape's Entire Backstory Explained

Livros Físicos

Severus Snape é o professor de Poções na saga de J. K. Rowling, Harry Potter. E que professor fácil de odiar! O cabelo sempre oleoso, uma preferência pelo lado errado da luta, crueldade, distância e muitas mágoas mal escondidas transformam este professor num dos maiores pesadelos de muitos dos alunos de Hogwarts. Mas será ele assim tão mau como parece à primeira vista? Severus é um anti-herói terrível que, no fim, se revela um verdadeiro herói. Apaixonante.

HeathCliff

RESENHA] O MORRO DOS VENTOS UIVANTES, ITV 2009 | Tamires de Carvalho

Post no Blog
Livro Físico

Heathcliff de O monte dos Vendavais de Emily Brontë tem tudo para ser uma personagem odiada pelos leitores, e muitas vezes é. Mas nem por isso deixa de ser também apaixonante. Encontrado abandonado ainda criança é criado pelo pai da bela Catherine, por quem se apaixona e se vê rejeitado. Parte então, para voltar anos mais tarde rico e com uma sede insaciável de vingança. O que ele faz ao longo desta história é muitas vezes arrepiante, revoltante e macabro. Mas isso só o torna numa personagem ainda mais interessante e o seu amor por Catherine nunca morre.

Erik, o Fantasma da Ópera

O Fantasma da Ópera encerra sua temporada no dia 15 de dezembro - NoSet

Livro Físico

Esta história, muito conhecida pelas suas adaptações ao cinema e ao teatro, é originalmente um livro do escritor francês Gaston Leroux. Erik, o Fantasma que assombra a Ópera de Paris, está na verdade bastante vivo ao longo de toda a história. Apaixona-se pela cantora Christine e parece não conhecer limites ao seu amor. Ele rapta a sua amada na esperança de que ela também comece a amá-lo. É também uma personagem sofrida e cruel, que age segundo aquilo que pensa ser amor, sem olhar a meios para atingir os seus fins. Uma história verdadeiramente triste.

 Jean-Baptiste Grenouille

Not quite as aromatic | Swindon Advertiser

Livro Físico

Jean-Baptiste Grenouille é tão anti-herói que beira a vilania. Nascido no meio de um mercado de peixe, é desde logo uma criança estranha: não cheira a nada! A mãe abandona-o logo após o parto e até as amas de leite parecem ter pavor daquele estranho bebé sem cheiro. Ao crescer, Jean-Baptiste acaba por mostrar ter um dom muito próprio: ele consegue sentir todos os cheiros do mundo, identificá-los e trabalhá-los como mais ninguém. Torna-se perfumista e o seu sonho é conseguir produzir o melhor perfume do mundo. O problema é a maneira como ele decide fazê-lo: assassinando as mulheres que têm os melhores dores…

Pedro Bala

Capitães de areia. | Capitães da areia filme, Filmes, Capitão

Livro Físico

Pedro Bala é praticamente ainda uma criança, mas já conhece bem a dureza da vida. Sem família, sem tecto e sem ajuda, o que lhe resta é viver dos furtos que comete. Comanda o grupo de cerca de cem crianças e adolescentes que na Bahia apelidam de Capitães da Areia. Mas apesar da sua vida de roubo e violência, Pedro faz o que pode e mostra que todos temos um lado mau e um lado bom.

Alex

DIÁRIW CINÉFILO: FILMED+: Laranja Mecânica

Livro Físico

Alex de A Laranja Mecânica é um jovem delinquente. Agressivo, sem limites, não se coibe de cometer os mais atrozes crimes. A Laranja Mecânica é já um clássico da literatura e é um livro extremamente pesado exactamente por toda a agressividade que contém. Ainda assim, até Alex tem dois lados, o bom e o mau…

Raskolnikov

Crime e Castigo no cinema

Livro Físico

Raskolnikov é um homem muito pobre e é essa situação que acaba por despoletar o crime que comete: um assassinato. Só lhe resta esconder o crime, mas Raskolnikov mostra ter consciência e ao longo de toda a obra vemos o seu drama psicológico, a sua indecisão, as suas dúvidas entre o bem e o mal. Um anti herói muito humano, sem dúvida alguma.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s