Livros que já Mereciam uma (R)Edição

 

 

A Cor Púrpura – Alice WalkerImagem relacionada

A edição portuguesa deste livro remonta a 1986 e, claro, já não é uma tarefa fácil encontrá-la. Aqui conhecemos a história de uma rapariga negra de 14 anos, Celle, que é abusada pelo pai de quem acaba por ter dois filhos. Separada dos filhos é obrigada a casar com um homem mais velho que precisa de alguém que lhe trate da casa e dos seus próprios filhos. Uma história dura, repleta de emoções, sobre uma mulher sofrida e sonhadora.

 

 

 


O Leitor Como Metáfora: O Viajante, A Torre e A Traça – Alberto Manguel

Apesar de existirem vários livros deste autor em Portugal, este ainda cá não chegou. Esperemos que não demore. Aqui, Alberto Manguel usa metáforas para falar dos leitores, tanto os leitores dos livros de papel como os leitores do livro do mundo. Afinal, que tipo de leitor somos nós? Um viajante, uma torre ou uma traça?

 

 

 

IMG_20180817_175029[1]

Colecção Aventuras Fantásticas (Verbo)

Aqui não falamos de um livro mas de uma colecção inteira. Vocacionados para os mais novos, estes livros antigamente editados pela editora Verbo tinham uma particularidade que os tornava muito especiais: era o leitor que escolhia a história. Meio jogo meio livro, esta é uma daquelas criações que trouxe (e ainda podia trazer) muitos jovens para o mundo das leituras. Quem concorda com uma reedição?

 

 

 

Resultado de imagem para virginia c andrews livro
A Saga dos Foxworth – V. C. Andrews

Já falei desta saga aqui. Não é uma história leve. É uma história dura, cruel e que nos deixa meio enjoados em certos momentos, mas que vale muito a pena. Consegui lê-la graças ao depósito da biblioteca. Uma nova edição destes livros, com uma tradução actualizada vinha mesmo a calhar! O primeiro volume ainda foi reeditado em 2014, mas quem vai comprar o primeiro se depois não consegue encontrar os outros? Eu não!

 

 

2 comments

  1. Muito interessante a sinopse e constatei que na biblioteca só existe o primeiro volume.
    Tocas também em algo muito importante e que acontece muito em Portugal, o facto de muitas colecções nao terem continuação editorial. Pessoalmente jà me aconteceu e embirro solenemente com isso.

    Liked by 1 person

    • Pois é, em Portugal há muito disso, infelizmente. No outro dia dei com uma saga de doze volumes em que só havia 3 traduzidos para portugues. Muitos leitores ficam a meio por causa disso. Mas olha que ha editoras que fazem isso mais que outras.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s