10 Livros Para Ler em um Dia

É claro que o tempo de leitura varia de pessoa para pessoa. Mas não são só os livros grandes e complexos que são bons! Hoje, trago-vos uma lista de alguns livros para ler em um dia, para quem quer algo rápido e (talvez) fácil.

 

Imagem relacionadaA Metamorfose – Franz Kafka

O primeiro livro da nossa lista tem fama de ser complicado, mas a verdade é que não é tão difícil como se diz por aí, muito pelo contrário. Em A Metamorfose Kafka conta-nos a história de Gregor Samsa, um homem que um dia acorda na sua cama transformado num monstruoso insecto.
Uma metáfora aos comportamentos humanos, este livro é pequeno, com uma história descomplicada e fora do comum, capaz de nos pôr a pensar nas nossas próprias atitudes. Se quiserem saber mais, falei dele aqui.

 

 

Resultado de imagem para as dez figuras negras

As Dez Figuras Negras – Agatha Christie

Dez completos desconhecidos dão por si sozinhos numa ilha isolada. O misterioso anfitrião, do qual só conhecem a voz, acusa-os de esconderem segredos terríveis. Quando um deles é assassinado, a tensão começa a aumentar…
Uma a uma cada uma daquelas dez figuras negras vai desaparecendo à medida que cada um dos convidados morre. Sobrará alguém para contar a história?
Um dos mais conhecidos livros de Agatha Christie, esta é uma história que se devora de uma ponta à outra em menos de nada. Repleto de mistério, terror e suspense, é um livro que vale muito a pena!

 

 

Resultado de imagem para saida de emergencia fahrenheit 451Fahrenheit 451 – Ray Bradbury 

Numa sociedade onde os livros são proibidos e os incêndios foram extintos, Guy Montag é um bombeiro convicto da necessidade de executar a sua tarefa: queimar todos os livros que encontra. Até que um dia conhece a sua nova vizinha, a jovem e lunática Clarisse, e as dúvidas começam a surgir.
Uma distopia que quase podia ser real, que nos põe a olhar para a nossa própria sociedade com “olhos de ver” e que sim, dá perfeitamente para ler num dia.

 

 

 

O Principezinho – Antoine de Saint-Exupéry Wook.pt - O Principezinho

Para crianças e para adultos, este é um livro pequeno, simples e completamente fantástico. Com lições espectaculares para qualquer idade, em O Principezinho o autor conta a história do pequeno principe de um planeta distante pela voz de um piloto de aviões perdido no deserto. De forma criativa Exupery criou uma obra intemporal, que as crianças adoram mas só os adultos compreendem verdadeiramente.
Um livro que todos deviam ler pelo menos uma vez na vida.

 

 

Wook.pt - Um Cântico de Natal

Um Cântico de Natal – Charles Dickens

Ebenezer Scrooge é um homem amargo, mesquinho e forreta. Até que na véspera de Natal é visitado pelos Fantasmas do Presente, do Passado e do Futuro, que trazem importantes lições para lhe ensinar.
Este é um livro sobre altruísmo, sobre a vida no mais verdadeiro que ela é e sobre o comportamento humano, uma história que nos desperta para as coisas que são realmente importantes na vida. O que diriam os seus fantasmas?

 

 

 

Wook.pt - Wonder

Wonder – R. J. Palacio

Neste livro conhecemos August, um menino que nasceu com uma grave deficiência genética, resultante da rarissima junção de dois sindromes, que deforma terrivelmente o seu rosto e o leva a ter diversos problemas de saúde.
August nunca foi à escola, tendo tido sempre aulas em casa, com a mãe. Mas o que fazer quando a mãe decide que não consegue continuar a dar-lhe aulas? Irá August conseguir adaptar-se?
Uma escrita leva e uma história comovente sobre coragem.

 

 

Resultado de imagem para a culpa e das estrelas
A Culpa é das Estrelas – John Green

Já adaptado ao cinema, este livro foi um completo sucesso de vendas há algum tempo. Conta a história de Hazel, uma adolescente com um tumor que foi, desde sempre, uma doente terminal. Sempre à espera da morte, Hazel acaba por conhecer Augustus Waters, também ele doente.
Esta é a hirtória de amor entre dois adolescentes que não sabem até quando vão sobreviver. Comovente, doce e engraçado, um livro muito recomendado aos fãs de romance.

 

 

 

Ninguém Escreve ao Coronel – Gabriel García MárquezResultado de imagem para ninguém escreve ao coronel

Publicado em 1961 esta é a história de um Coronel reformado que todas as sextas-feiras esperar a carta que anuncie finalmente a vinda da sua pensão. Mas a carta nunca mais chega…
A viver em extrema pobreza, com a mulher doente, o galo de briga que o filho deixou ao morrer torna-se então a principal esperança deste velho coronel a que ninguém escreve.
Uma história sobre pobreza, violência e solidão, sobre a velhice e o que ela nos custa, de fácil leitura mas que ainda assim nos pesa aos sentimentos.

 

 

 

Wook.pt - O Rapaz do Pijama às RiscasO Rapaz do Pijama às Riscas – John Boyne

Sendo eu uma leitora assídua de livros sobre a II Grande Guerra Mundial, não podia não incluir nesta lista um desses livros.
Aqui conhecemos a história de Bruno, um menino que se muda com a família quando o pai é promovido no trabalho. Perto da nova casa ele encontra uma vedação e, do outro lado da vedação ele vê um menino com um estranho pijama às riscas que, na verdade, é uma criança prisioneira de um campo de concentração. Uma história muito bem escrita, comovente e com um final inacreditável. Muito recomendado!
Também já adaptado ao cinema.

 

 

Resultado de imagem para histórias da terra e do mar

Histórias da Terra e do Mar – Sophia de Mello Breyner Andresen

Este livro reúne cinco contos de Sophia de Mello Breyner Andresen: História da Gata BorralheiraO SilêncioA Casa do MarSaga e Vila d’Arcos.
Apesar de ser um livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura é também um livro para se ler em qualquer idade. Com magia nas palavras Sophia brinda-nos com cinco histórias fantásticas de mar, terra, amor e solidão. São 5 histórias inspiradoras e, já que estamos a chegar ao Verão, porque não lê-las à beira-mar?

 

 

 

2 comments

  1. Dos livros que referes só não li um, mas isso de ler em um dia é sempre muito subjectivo e não depende muito do ritmo, depende sim da complexidade da obra, a menos que se leia o livro sem se retirar a essência.

    Ou seja, concordo que qualquer um se pode ler num dia, mas não aconselhava ninguém a fazê-lo em relação à “Metamorfose”, “Fahrenheit 451” e “Cântico de Natal”.

    As razões são diversas mas e essencialmente porque são todas obras muito profundas e a menos que efectivamente estejamos umas dez, doze horas a ler de forma concentrada, algo que considero difícil.

    Uma nota especial para “Cântico de Natal”. Já li o livro umas cinco vezes e já vi essa história em filme, animação, marretas, fantoches, teatro, sei lá, mas quando Dickens escreveu a história a intenção dele era alertar os seus conterrâneos para a magia do Natal que estava em desuso por toda a Europa. Ou seja, as pessoas viam o Natal como uma festa cristã e pouco mais. Com este pequeno, grande livro, Dickens, conseguiu criar a ideia que o Natal é uma festa de família exaltando conceitos como a bondade, fraternidade, amizade, tolerância, associando-os à época. E resultou em pleno, pois foi a partir do lançamento do livro, editado a expensas própria, que o Natal, como hoje é festejado, se difundiu por todo o mundo cristão.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s