Cartas Portuguesas – Soror Mariana Alcoforado

Livro Físico

“Oh dize-me, que empenho foi o teu de me encantares, como me encantaste, sabendo que me havias de deixar? Que te valeu o infortunar-me assim? Deixaras-me em sossego no meu Claustro. Que agravos te tinha eu feito? Oh perdoa, meu Bem; nada te imputo, nenhuma vingança quero; só meu fado a culpa teve. Pareceu-lhe que nos faria quanto mal pudesse como separar-nos: e nossos corações nada aí há que os separe; que mais poderoso que o Fado é o Deus Amor, e ele é quem nos uniu até à morte.”

Soror Mariana Alcoforado foi uma freira portuguesa do Convento de Nossa Senhora da Conceição em Beja. As suas cartas de amor que agora lemos com o título de Cartas Portuguesas são dirigidas ao Marquês Noel Bouton de Chamilly, Conde de Saint-Léger e oficial francês. No entanto a autoria destas cartas continua a ser motivo de divergência até aos dias de hoje.

As cartas desta obra são simplesmente belíssimas. São puras cartas de amor de uma mulher apaixonada, escritas de uma forma cativante. É curioso pensar que podem realmente ter sido escritas por uma freira. São cartas que sempre tiveram uma forte repercussão na sociedade e na literatura, tendo sido referidas por diversos outros autores.

Uma leitura doce e comovente, um livro lindíssimo.

Muito recomendado. 5*

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s