Filhos à Venda – Kristina McMorris

Wook.pt - Filhos à Venda

Livro Físico

Ellis, um jornalista, encontra por acaso uma casa onde estão duas crianças com uma placa que diz “Vendem-se duas crianças”. Resultado da fome e da pobreza. Fica tão chocado que tira uma foto. O chefe, impressionado, pede-lhe que escreva um artigo para acompanhar, mas por acidente a foto de Ellis é destruída. Com medo de perder a sua grande oportunidade, Ellis volta à casa para tirar uma nova foto, mas apenas encontra a placa. Então, pega nela e vai para outra casa, onde encontra outras crianças que usa para tirar uma nova foto. Uma acção que traria graves consequências…

Quem segue o blog com frequência já deve ter percebido que eu não costumo dar opiniões negativas sobre livros. É muito raro! E isso é fácil de explicar: eu sei do que gosto e escolho muito bem as minhas leituras, para não correr o risco de perder tempo com coisas que não gosto. Ainda assim, como se costuma dizer, toda a gente se engana. E eu enganei-me, muito, com este livro.

Eu pensei sinceramente que ia ler uma história dramática sobre pobreza, fome e crianças. Mas a verdade é que as crianças desempenham um papel bastante secundário neste livro. No máximo podemos dizer que é um livro sobre como as acções dos adultos afectam as crianças, mas ainda assim muito superficial. As crianças aparecem, sim, e têm uma história dramática. Mas isto é, na realidade, a história da vida e do quotidiano dos jornalistas. As baratas no quarto de um, a outra que é mãe solteira, os namoros e traições, as famílias, os dilemas… em tudo os jornalistas, tudo sobre os jornalistas.

Sinceramente? Eu quero lá saber que jornalista é que dormiu com quem ou se o chefe deste ou daquele é um bêbado. Eu queria uma história sobre as crianças e as dificuldades que elas passavam, mas isso foi totalmente renegado para um papel secundário. Acabei, admito, por não ler o livro todo. Cheguei à conclusão que estava apenas a perder tempo e a minha lista de leituras em espera é tão grande que perder tempo é uma coisa que não me dá jeito nenhum. O livro tenta retratar um “caso real”, uma “realidade dura” mas é um livro muito superficial. Não sei se no fim do livro ele melhora; talvez melhore. Mas não sou eu que vou perder mais tempo a tentar descobrir.

Não recomendado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s