Os Livros Mais Caros do Mundo

Hoje, em jeito de curiosidade, trazemos uma lista com alguns dos livros mais caros do mundo.Esperamos que gostem!

 Os Contos de Beedle, o Bardo – J.K. Rowling

Mencionado várias vezes em Harry Potter e os Talismãs da Morte cada um dos 7 exemplares deste livro foi escrito à mão e ilustrado pela própria autora, encadernado em pele castanha e decorado com prata e selenito. Ela ofereceu seis a amigos e editores e o sétimo foi leiloado por 3.6 milhões de euros.

 

A Bíblia de Gutenberg

A Bíblia de Gutenberg, também conhecida como a Bíblia das 42 linhas, é o primeiro livro impresso usando o tipo de metal móvel produzido em massa na Europa. Com cerca de 180 exemplares produzidos originalmente, apenas 48 chegaram aos dias de hoje e apenas 31 permanecem em perfeito estado. Um destes exemplares foi vendido em leilão por 4.6 milhões de euros.

 

O Primeiro Fólio – William ShakespeareResultado de imagem para o primeiro fólio shakespeare

“As Comédias, Histórias e Tragédias” de William Shakespeare ou simplesmente “O Primeiro Fólio” é uma colecção de peças de Shakespeare e foi impressa em 1623, sete anos depois da sua morte. Dos 750 exemplares originais apenas permanecem até aos dias de hoje cerca de 228. Considerado como o trabalho mais duradouro na literatura inglesa, esses exemplares são dos livros mais procurados por coleccionadores de livros de todo o mundo. Paul Allen, o co-fundador da Microsoft, gastou 5.6 milhões de euros num deles em 2001.

 

Os Contos da Cantuária – Geoffrey Chaucer

Apenas uma dúzia de exemplares da primeira edição de “Os Contos de Cantuária”, de Geoffrey Chaucer, impressos em 1477, estão espalhados pelo mundo hoje em dia. Um desses exemplares foi vendido em leilão em 1998 pelo equivalente a 7 milhões de euros.
The Canterbury Tales (Os Contos da Cantuária ou Os Contos de Canterbury) é um conjunto de histórias (duas delas em prosa, e outras vinte e duas em verso) escritas a partir de 1387 por Geoffrey Chaucer, considerado um dos consolidadores da língua inglesa. Na obra, cada conto é narrado por um peregrino de um grupo que realiza uma viagem desde Southwark (Londres) à Catedral de Cantuária para visitar o túmulo de São Thomas Becket. A estrutura geral é inspirada no Decamerão, de Boccaccio.

 

As Aves da América – John James Audubon

Resultado de imagem para As Aves da América - James Audubon 1 ediçao

Existem apenas 119 exemplares completos da primeira edição de “As Aves da América”. Um dos conjuntos de quatro volumes foi vendido em leilão em 2010 por uns fantásticos 10.8 milhões de euros! Dois outros exemplares da primeira edição foram vendidos em 2000 por 8.3 milhões de euros e em 2012 por 7.4 milhões de euros.  livro contém mil ilustrações de cerca de 500 espécies de aves, e levou 12 anos para ser completado por Audubon. Este, que morreu em 1851, foi um historiador natural influente, tendo sido citado três vezes em “A Origem das Espécies”, de Charles Darwin.

 

Livro de Orações Rothschild

Também chamado de “Horas de Rothschild”, o “Livro de Orações Rothschild” é um livro manuscrito iluminado flamengo de horas. O manuscrito foi compilado por vários artistas por volta de 1500-20 e tem 254 fólios. Foi comprado em 1999 por 12.6 milhões de euros, o que bateu o recorde do manuscrito iluminado mais caro do mundo.

 

 O Livro de Salmos da Baía

 

“O Livro de Salmos da Baía” foi o primeiro livro impresso na América do Norte britânica tendo sido anteriormente impresso em 1640 em Cambridge, Massachusetts. Há rumores de que restam apenas 11 exemplares do livro, um dos quais vendido em leilão em 2013 por 13.4 milhões de euros!

 

Evangelho de São Cuthbert

Resultado de imagem para Evangelho de São Cuteberto

O “Evangelho de São Cuthbert” ou “Evangelho de Stonyhurst” é um livro de bolso evangélico do século VIII escrito em latim. O que torna este livro único é que é um dos primeiros exemplos de encadernação no mundo. Foi vendido em leilão em 2012 por 13.4 milhões de euros.

 

Magna Carta (exemplar original)

Imagem relacionada

A “Magna Carta”, também conhecida como “Magna Carta Libertatum”, é uma carta redigida pelo arcebispo de Canterbury, e aceite pelo rei João de Inglaterra, para fazer a paz entre ele e um grupo de barões rebeldes. Em 2007, um exemplar original da Magna Carta foi comprado em leilão por 20.1 milhões de euros. Correm rumores de que o comprador foi David Rubenstein.

 

O Codex Leicester – Leonardo Da Vinci

Resultado de imagem para O Codex Leicester

Codex Leicester ou Códice Hammer refere-se a uma compilação de textos e desenhos de Leonardo da Vinci que foram recolhidos entre 1508 e 1510. Trata-se de uma ampla variedade de tópicos, que incluem estudos de Astronomia, Meteorologia, Hidráulica, Cosmologia, Geologia, Paleontologia e entre outros estudos científicos e técnicos. A 12 de Dezembro de 1980 foi comprado por 5,125 milhões de dólares.

 

Tamerlane and Other Poems – Edgar Allan Poe

Resultado de imagem para Tamerlane and Other Poems

Chama-se Tamerlane and Other Poems, surge assinado na capa por “um nativo de Boston”e foi publicado em Julho de 1827. Recebido com uma quase total indiferença pela crítica e pelo público é hoje um dos livros mais valiosos do mundo. Foi a primeira obra publicada por Edgar Allan Poe, aos 18 anos, que mandou imprimir apenas 50 cópias Nele encontramos uma colecção de poemas assumidamente modestos, escritos durante a adolescência do autor. Foi esquecido durante anos mas, muito após a morte de Poe e já com apenas 12 exemplares do livro ainda existentes, foi considerado um dos títulos mais raros da literatura americana. Um destes exemplares acabou mesmo por ser vendido, em 2009, por 662 500 dólares.

 

The Gospels of Henry the Lion

The Gospels of Henry the Lion

O livro religioso que data de 1188 foi encomendado pelo Duque da Saxónia e da Baviera Henrique, o Leão. A obra composta por 226 folhas de pergaminho foi criada para o altar da Catedral de Brunswick, uma igreja luterana localizada na Alemanha. Por ser considerado um importante documento histórico, a obra foi adquirida pelo governo alemão em 1893, que desembolsou 22 milhões de dólares.

 

Bestiário Northumberland

Bestiário Northumberland

Escrito na Inglaterra entre os anos 1250 e 1260, o Bestiário Northumberland, como o próprio nome indica, é um livro dedicado a catalogar bestas. A enciclopédia conta com definições e ilustrações de animais ferozes reais e imaginários, que são acompanhadas de fábulas e parábolas dedicadas a transmissão de preceitos morais. Em 1987, a obra foi vendida por 4,4 milhões de dólares.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s