Curiosidades Do Mundo Mágico [Especial Harry Potter]

  • Escrito em Portugal

Joanne Rowling mudou-se para Portugal em 1991, quando ainda pouco tinha escrito do primeiro livro. Veio dar aulas numa escola de línguas, no Porto, onde escreveu mais alguns capítulos da história. De cá partiu sem ter ainda terminado o livro, mas com uma filha nos braços.
Alguns boatos defendem, devido à permanência de Rowling em Portugal entre 1991 e 1993, algumas ligações entre o nosso país e partes da história. Há quem dia por exemplo que Salazar Slytherin (o antepassado do maquiavélico Voldemort) ganhou o seu nome graças ao ditador português, António de Oliveira Salazar. Outros, relacionam o titulo do primeiro livro da saga, A Pedra Filosofal, com o poema de António Gedeão, com o mesmo nome.

 

  • Publicação

Apesar do sucesso posterior desta saga, conseguir que ela fosse publicada foi uma luta para a autora. Quase uma dezena de editoras rejeitaram a obra. Até que ela chegou às mãos de Nigel Newton, em Londres. Ele devia ler e avaliar o texto mas como também não esperava muito acabou por entrega-lo à sua filha de então oito anos, Alice. Alice gostou tanto daquela primeira parte da obra (apenas tinha lido cerca de 50 páginas) que não deu descanso ao seu pai e durante meses insistiu que queria ler o resto.
Perante a insistência da filha Nigel acabou por decidir publicar a obra e a primeira edição saiu finalmente, com uma pequena tiragem de 500 exemplares.
Devíamos todos agradecer a Alice!

 

  • A sua própria rede social

Dos livros, filmes e parque temático acho que já todos ouvimos falar. Mas sabiam que Harry Potter tem já a sua própria rede social? Chama-se Harry Potter Amino e pode ser descarregada para IOS e Android. Eu ainda não experimentei, mas para quem gostas destas coisas pode ser interessante…

 

  • Dinheiro

Até agora já foram vendidos mais de 450 milhões de exemplares dos livros desta saga em 78 línguas diferentes, o que já rendeu mais de 7 biliões de dólares. J. K. Rowling é até hoje uma das pessoas mais bem pagas na área da escrita. Chegou a fazer parte da lista de bilionários da revista Forbes, mas deixou depois de fazer em parte pelos grandes impostos cobrados e, em parte ainda maior, pelas grandes e muitas doacções que faz para a caridade. Pois é, Rowling já doou milhões de dólares a instituições de caridade, principalmente às vocacionadas para crianças.

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s