São Valentim: Livros românticos para um dia romântico

Já estamos em Fevereiro, o dia dos namorados está quase aí e ainda não sabe o que oferecer à sua cara metade? Eu, como leitora aficcionada que sou, costumo dizer que não há prenda melhor que um livro. E como esta é uma data própria para o romance, que tal falarmos de livros de amor?

Hoje trago-vos uma lista dos melhores livros românticos que já li, nos muitos anos de leituras que já levo. Como sugestão de leitura e como sugestão de prenda. Espero que gostem.

 

Resultado de imagem para ps: eu amo-te

   P.S. – Eu amo-te – Cecelia Ahern

Esta história tinha tudo para ser, à partida, uma história triste. Mas acabou por se tornar, na realidade, a história de um grande amor e de como sempre é possivel recomeçar.

Holly e e Gerry tinham tudo para ser felizes. Principalmente, tinham-se um ao outro. Amavam-se acima de tudo.

Até ao dia em que Gerry morre e Holly fica sozinha, perdida num mundo sem ele.

Mas Gerry já sabia que ia morrer e sabia que Holly não estava pronta para continuar sem ele. Então resolveu preparar tudo para continuar presente na vida de Hollymesmo depois de morrer.

Um livro que já se transformou em filme, merecidamente.

É um livro lindo, sobre o amor, a perda e a superação.

 

O diário da nossa paixão – Nicholas Sparks

Resultado de imagem para o diário da nossa paixão livro

Este já é quase um clássico. Eu li vários livros deste autor e acabei por desistir a uma certa altura, pois sentia que já tinha lido aquilo antes. No entanto, de tudo o que li dele, este foi o que me ficou na memória.

Conta a de Allie e Noah, que se apaixonam perdidamente ainda na juventude e nunca deixam de se amar, independentemente do tempo que passe, das discussões que tenham e dos problemas que precisem de enfrentar.

O final é emocionante, na verdade toda a história o é.

 

 

Viver depois de ti – Jojo Moyes

Resultado de imagem para viver depois de ti livro

Já falei deste livro aqui.

Mais uma vez, é um livro extremamente lindo e romântico, mas também com uma boa dose de dor à mistura.

Conta a história de amor entre Louisa Clark e Will Traynor. Relembra-nos que o verdadeiro amor é aquele que não se escolhe, que não deve ser temido e, por fim, que é incondicional.

 

A culpa é das estrelas – John Green

Imagem relacionada

Hazel e August têm muito em comum. São jovens, apaixonados (um pelo outro) e, não fosse pelas doenças que os uniram, teriam todo um futuro pela frente.

Mas Hazel e August conheceram-se num grupo de apoio a miúdos com cancro e sabem que, a qualquer momento, uma situação estável pode deixar de o ser. Ambos estão familiarizados com a doença.

Amaria de forma diferente se soubesse que esse amor podia ter os dias contados?

Lindo, triste e romântico, bom para nos fazer lembrar a importância de cada momento.

 

 

Tudo, tudo…e nós – Nicola Yonn

Imagem relacionada

Maddy tem 17 anos e uma doença rara que a impede de sair de casa.  Mas nem a doença nem o isolamento a podem impedir de se apaixonar, quando Olly se muda para a casa do lado.

Valerá a pena arriscar a vida para pisar o mundo exterior? E por amor?

Mais uma vez, um livro repleto de amor e com… uma importante lição.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s