“Desabafamento”

Desabafamento. Essa palavra existe? Eu nem sequer sei. Mas por hoje, só por hoje, não faz mal. Porque hoje é um dia especial.

E por ser um dia especial vou usar o blog para isto, que foi algo que nunca pensei fazer. Porque hoje é um dia especial. Como diz a música “Hoje é o primeiro dia do resto da tua vida”. É mesmo. E como costuma dizer uma amiga minha “e amanhã também”.

Porque hoje, amanhã e em todos os dias que virão, a vida não vai ser a mesma. É esse o sabor dos sonhos realizados.

Mário Cesariny dizia no seu poema que “Entre nós e as palavras há metal fundente”. Entre mim e as palavras houve muito mais que isso. Houve metal trabalhado, condução de empilhadores, muitos cadernos, estudos e trabalho sem ordenado. Houve anos de espera, revolta e perda de esperança. Sim, porque quando os sonhos tardam, a esperança foge.

Hoje, eu ainda não estou verdadeiramente feliz, porque o sabor das palavras ainda não está cá. Mas eu sei que elas virão, já as consigo ver a espreitar no fim da estrada. Não, no fim não, na curva, que ainda falta muito para eu chegar ao fim da estrada.

Hoje, o meu “desabafamento” é este. Nunca percam a esperança, nunca desistam dos vossos sonhos. Eles podem tardar, mas chegam. E nunca parem de trabalhar para os alcançar que, acreditem ou não, o trabalho compensa mesmo.

Hoje, o meu sonho está já na curva à minha frente. Finalmente.

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s